1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Domingo 20 Ago

Fragatas da Classe João Belo à escala 1/400


MODELO-JOO-BELO-1-SITEDesta vez, o artigo dedicado ao modelismo não é sobre um modelo construído, mas sim sobre um modelo lançado no ano passado e que está com "via verde" na To do List.

No início da década de 70 foi lançada pela firma Heller à escala 1/400 a fragata "Commandant Rivière" que nos permitiria, após alguns pequenos ajustes (a inclinação das vigias da ponte é o mais importante), construír qualquer uma das quatro fragatas da Classe João Belo.

Durante décadas este foi o único modelo disponível para podermos ter uma João Belo na nossa colecção de modelos... só que este item foi retirado de catálogo e encontrá-lo é como encontrar agulha em palheiro. Eu tive a felicidade de encontrar uma, a um preço bastante razoável, há uns bons anos atrás. Foi ficando para mais tarde, sempre...

No ano passado, no entanto, foram lançados dois modelos desta classe de navios, o que me fez voltar a acreditar neste projecto de mais um navio da nossa Armada:

A Niko Model da Polónia lançou um modelo em resina à escala 1/700 (linha de água, a escala e tipo de modelo que prefiro) do Aviso-Escorteur Protet F748, a fase modernizada das Commandant Rivière na Marine Nationale.
O que à primeira vista parecia ser uma óptima base para a construção de uma João Belo a 1/700 revelou-se quase inútil, pois embora as superstruturas e o armamento assim o permitissem, o casco é um completo "tiro na água", quer em dimensões, quer na forma. A solução foi construír o casco de raiz, pois o restante já está safo, incluindo o set de fotogravação para as balaustradas, mastros e antenas dos radares de navegação e aviso aéreo. O armamento também está incluído, embora aMODELO-JOO-BELO-2-SITEs torres de 100mm possam ser substituídas por umas muito mais perfeitas da firma Admiralty Model Works. Mais um projecto na gaveta... mas não esquecido!

A L'Arsenal lançou também em resina à escala 1/400 com casco completo, o "Aviso-Escorteur debut de carriére", ou seja, o que nós queremos para o nosso projecto. O único problema encontrado neste delicado modelo é novamente a inclinação das vigias da ponte - para ré (1). Este pequeno pormenor implica alguma prática em modelismo para corrigir, mas nada que um modelista com alguma experiência em corrigir/fazer peças para os seus modelos não consiga. O modelo inclui tudo o que é necessário para fazermos qualquer uma das fragatas da classe Cte. João Belo, quer na versão inicial, quer na versão portuguesa modernizada, do início da década de 90, onde para tal deveremos remover as bases do morteiro AS e da Torre 2, entre outros pequenos pormenores - para esta versão deverá como é normal, fazer a pesquisa necessária.

Independentemente do modelo que se use para o nosso projecto, teremos de fazer ou tentar encontrar letras e números para os indicativos (F480, F481, F482 e F483) em negro e em branco (para o topo da ponte) e, caso sejamos nós a fazer os decalques, o nome do navio para colocar a ré.

Terei portanto a oportunidade de fazer uma das fragatas que também participaram em muitos exercícios e missões com os "meus" navios - só tenho que escolher qual, bastará dar uma vista de olhos ao álbum fotográfico... ganhará a melhor documentada!

Rui Matos

Nota:
(1) - O detalhe das vigias da ponte para ré, não é um erro dos fabricantes dos modelos (Heller e L'Arsenal), mas sim uma das características dos navios franceses.

Links úteis:
L'Arsenal: http://www.larsenal.com/
Niko Model: http://nikomodel.pl/protet.html
Admiralty Model Works: http://www.admiraltymodelworks.com/



Rui Matos
Sobre o autor:

 

Comentários 

 
#2 2011-01-04 19:27
Caro Filipe Antunes,

Entrou um ano antes de mim, mas por outro caminho, dado que eu fui voluntário em 86.
A nossa Briosa está muito mal representada em forma de modelos à escala, conseguem-se encontrar algumas coisas, mas implicam sempre (quase sempre) modificações.
Dado que a lista/descrição é longa, agradeço que me envie um email para rui ponto francisco ponto matos arroba gmail ponto com.
Ajudá-lo-ei no que puder com prazer.

Um abraço,
Rui Matos
Citação
 
 
#1 2010-12-23 13:59
Caro amigo Rui Matos, a minha ligação à "Briosa" vem desde os bisavós e continuou com a minha ida para a Escola Naval no curso de Oficiais da Classe de Marinha de 85. Sou modelista e muito tenho procurado formas de coleccionar as nossas NRP's (actuais e as "saudosas"). Poderia ajudar-me a identificar forma de ter o meu "Alfeite"? Há um "Salote" em casa reservado para esse efeito.

Um grande Abraço
Filipe Antunes
Citação
 

 

logotipo7thk

rebonave01

Economia Mar

enidh new

 

Porto de Aveiro Porto da Figueira da Foz

 

01
02

Venda de RM’s antigas

2273

Descontos

A ENN - Editora Náutica Nacional, Lda. tem vindo a estabelecer contactos com algumas firmas e empresas com o objectivo de obter descontos para os assinantes da "Revista de Marinha"e, em alguns casos, também para os seus leitores.

Ver como AQUI !

Navios de Cruzeiro

MSC Opera Princess-Daphne MSC Fantasia Athena MSC Lirica Princess-Danae MSC Melody MSC Armoria MSC Sinfonia