1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Segunda 24 Jul

Manual para Operações de Salvamento Marítimo

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail


3688Em boa hora o Instituto de Socorros a Náufragos promoveu a elaboração e edição do “Manual para Operações de Salvamento Marítimo”, com impressão no Instituto Hidrográfico, e uma tiragem muito limitada, de apenas 350 exemplares. A obra, cuja 1.ª edição foi publicada em 24 de Maio de 2016, tem 115 páginas e está dividida em 11 capítulos, e tem um prefácio do Director-Geral da Autoridade Marítima, V/Alm. António Silva Ribeiro.

            É sem dúvida uma obra sui generis, numa vertente essencialmente prática, que aborda temas que vão desde a Organização para o Salvamento Marítimo, e as condições ambientais do meio marinho, até à manobra e governo de embarcações, bem como às técnicas de resgate, passando, entre outras, por matérias como o dispositivo nacional para o salvamento marítimo, as embarcações salva-vidas, os equipamentos e procedimentos de socorro, e ainda informação detalhada sobre assinalamento marítimo.

            Com uma riqueza assinalável dos seus elementos gráficos, dos esquemas, dos quadros e das imagens utilizadas, é uma obra que vai, em termos práticos, muito para além do objecto contido no seu título, podendo mesmo ser considerado como um manual, embora resumido, sobre os usos do mar. Neste contexto, questões de marinharia, manobra, amarração e governo de embarcações são elementos relevantes para justificar, quer o seu uso em escolas e centros de formação, quer nas próprias embarcações, sejam elas de comércio, de pesca ou de recreio, como elemento de consulta expedita sobre as referidas diferentes matérias.

            A obra culmina em três anexos, onde são apresentados quadros resumo de uma valia prática muito relevante, seja no Anexo A onde estão resumidas as regras do RIEAM (Regulamento Internacional para Evitar Abalroamentos no Mar), seja no Anexo B, onde são apresentadas as regras da IALA, organização para o assinalamento marítimo, e por fim no seu Anexo C, um quadro, no nosso entender muito bem conseguido, sobre questões práticas relacionadas com a segurança marítima.

            Estamos, pois, perante uma obra que consideramos única, e que embora com uma tiragem muito limitada nesta edição, auguramos que venha a ter muitas mais edições, pelo seu interesse muito relevante para os homens do mar.

            A Revista de Marinha congratula-se pois com esta excelente iniciativa, comprometendo-se no encaminhamento para o ISN dos pedidos de aquisição que nos vierem a ser efectuados.

 

    Por José Castro Centeno

 


 

rebonave01

Economia Mar

enidh new

 

Porto de Aveiro Porto da Figueira da Foz

 

01
02

Venda de RM’s antigas

2273

Inquérito

Assuntos Preferidos

 

 

 

 

 

 

 


  Resultados

Navios de Cruzeiro

MSC Lirica Princess-Daphne MSC Opera MSC Armoria Princess-Danae MSC Melody Athena MSC Fantasia MSC Sinfonia