1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Domingo 20 Ago

The Fuzileiros

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail


      Portuguese Marines in Africa (1961-1974)

             A editora britânica Helion & Company, Ltd publicou recentemente, em língua inglesa, na sua coleção africa@war, com o nº 25, a obra em apreço.

Trata-se de um trabalho bem documentado acerca da atividade dos nossos fuzileiros no antigo Ultramar, de que foi autor John P. Cann, um Professor americano que nos visitou muitas vezes e que teve a oportunidade de entrevistar muitos fuzileiros e ex-fuzileiros.

            O livro abre com uma curta introdução e um capítulo de generalidades, que se refere à situação política internacional nos anos 50 do século passado, e ao planeamento militar português, antecipando de alguma forma o início das operações militares em África, em 1961. A Marinha restabeleceu os fuzileiros navais em 1959, tendo um oficial, o 2º Ten Pascoal Rodrigues e três praças, frequentado um curso de formação nos Royal Marines britânicos; pouco depois, o DFE nº 1 marcharia para Angola, em Novembro de 1961. Em 1974 a Marinha dispunha de 13 DFE’s, para intervenção, a que se juntavam 3 DFE’s africanos na Guiné, e 12 CF’s, para guarnição e escoltas, num total de mais de 3.400 homens. Seguem-se capítulos acerca das operações no Norte de Angola, nos rios da Guiné, no Niassa e na costa do Oceano Índico e no Leste de Angola, terminando com um curto capítulo, “O Custo”, que refere o número da baixas sofridas pelos fuzileiros nos diversos teatros bem como as muitas, e muito significativas, medalhas e distinções que lhes foram atribuídas.

            Embora focado nos fuzileiros, este livro aborda também a poeira naval, do bote de borracha à LFG, passando pelos diversos tipos de lancha de desembarque, que protagonizaram com assinalável sucesso o binómio navio – fuzileiro.

            Em síntese, uma obra muito informativa e factual, profusamente ilustrada, que nas suas 64 páginas sumariza e valoriza a ação dos fuzileiros em três teatros de operações, na Guiné, em Angola e Moçambique.

            O autor, Prof. Dr. John P. Cann, doutorou-se em War Studies no King’s College, em Londres, em 1996, e foi Professor de Estudos de Segurança Nacional na Universidade do U.S. Marine Corps, em Quantico, na Virginia. Serviu muitos anos na reserva da Marinha dos Estados Unidos, na aviação de patrulha marítima, visitando regularmente o CINCIBERLANT, em Oeiras, para participar em exercícios, contactando então com muitos oficiais portugueses. Escreveu diversos livros sobre as operações das Forças Armadas Portuguesas em África, de que é exemplo Counterinsurgency in Africa. The Portugues way of war (1961 – 1974).

            O exemplar que comentamos foi obtido através da plataforma AMAZON, tendo custado cerca de 25€. Desconhecemos se se encontra à venda entre nós.


 

rebonave01

Economia Mar

enidh new

 

Porto de Aveiro Porto da Figueira da Foz

 

01
02

Venda de RM’s antigas

2273

Inquérito

Assuntos Preferidos

 

 

 

 

 

 

 


  Resultados

Navios de Cruzeiro

Princess-Danae MSC Fantasia MSC Sinfonia Athena MSC Lirica Princess-Daphne MSC Opera MSC Armoria MSC Melody