1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Domingo 25 Jun

Portugueses fazem história na Nazaré

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail


 João de Macedo e António Silva, na final da primeira etapa do mundial de ondas grandes 

           3784 02 A Praia do Norte, na Nazaré, recebeu o maior evento de ondas grandes alguma vez realizado em Portugal. A etapa portuguesa do circuito mundial de ondas grandes da World Surf League, teve luz verde para avançar, depois de estar em período de espera desde o dia 15 de Outubro.

            Se a vitória coube ao australiano Jamie Mitchell, foi da atitude e prestação dos Portugueses o que mais se falou durante todo o dia. Entre a lista dos 24 melhores surfistas do mundo, estiveram cinco portugueses, que fizeram história e desafiaram todos os limites ao surfar algumas das maiores ondas de sempre, em remada, na Nazaré.

            João de Macedo, um dos surfistas portugueses mais experientes em ondas grandes e que tinha sido até então o único a competir no circuito mundial, foi o mentor da “armada portuguesa” e mostrou que nos seus 39 anos está no topo da elite mundial. Venceu a primeira bateria, fazendo antever um grande dia para as cores nacionais e chegou até á final graças a uma onda de ultima hora que lhe valeu um dos maiores wipeouts do dia, mas também a nota necessária para estar entre os 6 finalistas. Deixou pelo caminho, entre outros, Greg Long, campeão mundial em 2012 e 2015 (na primeira ronda), e Grant Baker, líder do ranking e campeão de 2013 (nas meias-finais). Na final foi um guerreiro e faltando 10 minutos para o final apanhou uma onda que lhe valeu o 3º lugar final e uma entrada directa para a 9.º (8,680 pontos) posição no ranking mundial.

            Antonio Silva apostou desde cedo nas direitas da Praia do Norte na primeira ronda e garantiu a passagem às meias finais. Conseguir passar à 3784 01final, o que foi um grande feito, e lado a lado com os restantes finalistas na cerimónia de entrega de prémios revelou um grande respeito e admiração por todos e o desejo de correr o circuito mundial a tempo inteiro. Para António Silva, vencedor por dois anos consecutivos da Bolsa EDP Mar Sem Fim para o seu projecto na Nazaré (2014/15 e 2015/16) este é o culminar positivo de uma longa relação com esta onda, com a entrada directa para o 14.º lugar (5,024) do ranking mundial.

            Hugo Vau foi um dos destaques da primeira ronda, com duas ondas (7,93 e 8,50) em menos de dois minutos. Um dos principais promotores do canhão da Nazaré, estava duplamente orgulhoso por isso; a realização do Nazaré Challenge foi para ele o ... culminar de um ciclo e o reconhecimento a nível mundial por parte da World Surf League.

            Alex Botelho, uma presença constante nos melhores dias da Nazaré, realizou um objectivo que perseguia há 3 anos: entrar numa prova do circuito mundial de ondas grandes. Na sua bateria conseguiu uma das melhores ondas e com a passagem ao próximo round ao alcance ficou a precisar de uma segunda onda para avançar para as meias finais. Depois de ser o primeiro Português a surfar Jaws, através da bolsa EDP Tour, Alex provou merecer um lugar lado a lado com a elite do surf mundial e serão de esperar grandes feitos nos próximos anos, inclusivamente novos convites para etapas do Big Wave Tour.

            Nicolau Von Rupp figurava na lista de substitutos da WSL e conseguiu entrar devido a uma desistência de ultima hora. Na sua bateria acreditou até ao final, e nos últimos minutos lançou-se a uma onda a precisar de um 5.67 mas não conseguiu completar a descida e acabou por ficar pelo caminho, sem não antes mostrar a todo o publico a sua firme atitude e determinação.

           3784As famosas ondas gigantes da Praia do Norte marcaram presença para o maior evento da especialidade alguma vez realizado no país e os surfistas portugueses estiveram à altura da ocasião. A Praia do Norte tem desempenhado um papel central no projecto EDP Mar Sem Fim, com grande parte dos prémios e bolsas atribuídas aos surfistas Portugueses focados neste local.

            Este ano a bolsa EDP Tour será atribuída pelo EDP Mar Sem Fim ao surfista que mais se destaque nesta praia ao longo desta temporada, sendo esta prova mais um critério para definir o vencedor.

            Nos próximos dias será inaugurado o Hangar EDP Mar Sem Fim no Porto da Nazaré, com o apoio da Camara Municipal da Nazaré, que pretende ser um espaço de preparação e treino para os atletas portugueses dedicados ao surf das ondas Grandes. 

 


 

Navios de Cruzeiro

MSC Opera MSC Sinfonia Princess-Daphne MSC Fantasia MSC Armoria MSC Melody Athena MSC Lirica Princess-Danae