1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Domingo 20 Ago

REBONAVE e Escola Náutica promovem seminário

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail


3888 03A REBONAVE -  Reboques e Assistência Naval, SA, e a Escola Náuitica Infante D. Henrique (ESNIDH) promoveram na tarde do dia 19 de Abril o seminário “Reboque e Assistência Marítima, Sociedade, Inovação e Futuro”, que decorreu no Anfiteatro VTS, no campus da ESNIDH, em Paço de Arcos. O objectivo foi demonstrar as atividades e operações marítimas dos navios rebocadores em geral, e dos navios rebocadores do universo das empresas do Grupo REBONAVE, em particular.

                  Este seminário surgiu no âmbito do Protocolo de Cooperação com a ESNIDH, que procura aliar a indústria naval com o ensino marítimo, e promover atividades de cooperação e o desenvolvimento de projetos conjuntos, designadamente a formação profissional, execução colaborativa de investigação & desenvolvimento, organização de conferências, colóquios e seminários, tendo em vista vista otimizar os recursos da comunidade marítima.

                  A sessão iniciou-se com a assinatura do protocolo de colaboração, com a participação da Administradora da REBONAVE, Dona Maria da Luz Farto dos Santos e do Presidente da Escola Náutica, Prof. Engº Luís Baptista, a que se seguiram um conjunto de apresentações focando as caracteristicas dos rebocadores, o tráfego marítimo, as operrações de rebocadores, em geral e as operações 3888 02tipicamente executadas pela REBONAVE. O protocolo entre a REBONAVE e a Esquadra 751 da Força Aérea, que opera os conhecidos helicópteros MERLIN, envolvidos em quase todas as operações de busca & salvamento, responsáveis pelas acções de resgate, foi objeto de uma interessante apresentação pelo capitão pil. av. Gaspar. As intervenções foram finalizadas pelo Engº José A. Costa, Director-Geral da REBONAVE, que assinalou diversos aspetos do desenvolvimento do Grupo REBONAVE, as suas valências, a recente aliança estratégica coma firma holandesa ISKES e terminou referindo com satisfação estarem a decorrer naquela ocasião três diferentes operações de reboque oceânico executadas por unidades da REBONAVE.

                  Estas diversas intervenções foram acompanhadas com muito interesse pela assistência, que compreendia entidades oficiais, oficiais da Marinha Mercante, elementos das Comunidades Portuárias de Lisboa e Setúbal e muitos alunos da ESNIDH, tendo suscitado no final um vivo debate.

                  Este evento terminou com um vin d’honneur que proporcionou aos numerosos participantes um agradável período de convivio.

                  A Revista de Marinha saúda a realização deste seminário, que permitiu perceber melhor as operações de reboque, quer portuário, quer oceânico, de significativa importância mas normalmente pouco conhecidas, mesmo no mundo marítimo

 3888
3888 01
 

 

Navios de Cruzeiro

Princess-Daphne MSC Armoria Athena MSC Lirica Princess-Danae MSC Opera MSC Melody MSC Sinfonia MSC Fantasia