1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Terça 17 Out

Work Boat World

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail


3906É uma revista de origem australiana, em língua inglesa, de periodicidade mensal, focada na construção e operação de pequenos navios e embarcações, na sua maioria para trabalhos portuários, ou em apoio a operações offshore.

            O número que aqui comentamos, referido a Novembro de 2016, faz capa com o navio catamarã AL NAASIR, um navio de apoio de alta velocidade da Marinha de Guerra de Oman, recentemente construido na Austrália. Com 72 m de comprimento, 18,7 m de boca e um deslocamento de cerca de 1.000 tons, é uma plataforma multimissão, com 40 nós de velocidade máxima e capacidade para transportar 260 militares e viaturas, até 36 tons de peso, num convés com cerca de 900 m2 de área.

            O editorial é assinado por Neil Baird, fundador e proprietário da revista, que aborda a necessidade, na Austrália e noutros países do Ocidente, de se promover uma cultura marítima, apontando como exemplo, pela positiva, a França, e neste país a associação Oceanides.

            Seguem-se diversas crónicas, “Grey Power”, por Michael Grey, “Offshore Accounts”, por Hieronymus Bosch (pseudónimo), “Tug times”, por Alan Loynd, e “I remember it well ... “, por Ken Stewart. No artigo “UK exercise showcases latest unmanned naval craft”, o autor, Trevor Hollingsbee, aborda o rápido desenvolvimento no Reino Unido de veículos marítimos autocomandados ou telecomandados.

            Numerosas pequenas notícias foram agrupadas sob os títulos “Work Boat World News”, “Tugs and Towage News”, “Marine Engines and Propulsion” e ”Gear and Services”. Nove recentes navios ou embarcações são alvo de artigos de divulgação, desde um catamarã de transporte de pessoal para operar no Mar Cáspio até ao atrás citado AL NAASIR, passando pelo rebocador SEAWAYS 24, construído em Singapura para operar em Angola no apoio às plataformas de extração de petróleo. Com 55 m de comprimento, 10 m de boca e 5,5 m de calado e um deslocamento carregado de cerca de 3.000 tons, este rebocador tem 125 tons de força de tração (bollard pull), e está equipado com numerosas gruas, embarcações de apoio e equipamento de combate a incêndios e à poluição.

            De assinalar ainda, uma página com recensões de livros relativos a temas marítimos.

            Nas suas 56 páginas, numerosos anúncios, na sua maioria de empresas asiáticas, quer estaleiros, quer fornecedores de equipamentos ou serviços, e ainda a divulgação de diversas feiras e exposições, de Lorient, em França, a Shangai, na China.

            Em resumo, trata-se de uma revista com muita informação numa área especializada mas de alto valor acrescentado da construção naval, que será certamente de muito interesse em gabinetes de projeto, instituições universitárias, centros de investigação e estaleiros navais.

            A revista em apreço pode ser objeto de assinatura, com um custo anual de 160€, ou de 390€ por três anos. Aos interessados aqui ficam os contactos, fax (0061) 39 824 6588, e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , web www.bairdmaritime.com/subscribe, endereço postal Baird Publications, Ltd, suite 3, 20 Cato Street, Hawthorne East, Victoria 3123, Australia.

 


 

Navios de Cruzeiro

MSC Sinfonia Athena MSC Armoria Princess-Daphne MSC Fantasia MSC Opera Princess-Danae MSC Melody MSC Lirica