1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Terça 26 Set

Escaparate

Forças Armadas Portuguesas

3969O livro que comentamos foi apresentado publicamente no passado dia 18 de Julho, no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa, perante uma plateia composta por mais de duas centenas de personalidades, entre as quais o Presidente Ramalho Eanes, os atuais CEMA e CEME, muitos Oficiais Generais e Superiores das Forças Armadas, Embaixadores, Políticos e outros elementos da vida pública. A sessão foi aberta pelo Gen. Pinto Ramalho, a que se seguiu uma alocução do Prof. Doutor Adriano Moreira e a apresentação do livro, feita pelo Dr. Jaime Gama.

Protocolo & Cerimonial Militar

3970O autor, o capitão-de-mar-e-guerra José Paulo Lucena, tem uma larga e valiosa experiência em funções protocolares sendo possuidor duma forte cultura e conhecimentos das tradições navais, que por sua vez, assentam no cerimonial marítimo, um conjunto de regras e preceitos assimilados ao longo de milhares de anos de história marítima internacional e que têm sido fundamentais para assegurar o relacionamento entre todos os homens do mar.

Naufrágios no “Mar de Viana”

3972Em Portugal ligamos a ocorrência de naufrágios à época dos Descobrimentos e à nossa História Trágico - Marítima. Mas a ocorrência de naufrágios é intemporal, pois pode sempre acontecer, por acidente, erro humano ou combate. Independentemente da época, um naufrágio envolve sempre a perda de bens e/ou de vidas humanas, mas ao contrário das tragédias que acontecem em terra, leva, normalmente, ao desaparecimento quase completo dos seus vestígios. Muitas vezes, apenas perduram na memória do Homem.

Palheiros de Mira

3963Como nasceu este curioso “aglomerado de pescadores” situado ... no cordão de dunas que se prolonga para sul da barra de Aveiro até ao cabo Mondego, num espaço de 50 Km? E como foi possível crescer e declinar ao longo de um século, já não havendo vestígios dele em 1973?  A prestigiada geógrafa Prof. Doutora Raquel Soeiro de Brito deu resposta a estas perguntas ao longo de uma valiosa monografia aqui apresentada em reedição facsimilada, de 2009, abundantemente documentada com mapas e fotos a preto e branco, na sua maioria tiradas pela própria autora, entre os anos de 1957 a 59 .

À mesa com a Marinha

3953A alimentação no mar assume na prática uma importância que em muito excede a nutrição. Como refere o autor, Paulo Santos ...a preocupação com os espaços da mesa e do convívio a bordo têm sido alvo de atenção permanente desde sempre. Longas estadias no mar, isolamento e confinamento aos exíguos espaços do navio conferem à alimentação e à mesa um papel muito significativo e muito particular. No mar ninguém se pode isolar.

Da Caça à Observação de Baleias

3955Um só título em três línguas, um livro de grande interesse, é esta a obra que aqui comentamos, da autoria de um alemão de personalidade multifacetada, Wulf H. Koehler, alguém que escreve com paixão sobre duas atividades centradas no maior mamífero do mar – a cruel caça à baleia, do passado, e a apaixonante observação de cetáceos, uma atividade do presente e do futuro.

Um livro sobre a actividade baleeira nos Açores

3921 01A actividade baleeira teve expressão significativa entre nós, durante muito tempo, nos Açores, em termos de captura de cachalotes, no âmbito de uma pesca tradicional, constituindo, pois, parte integrante do nosso património cultural ligado ao mar. Depois dessa fase, que se deu por concluída em 1987, a actividade adquiriu contornos diferentes: museologia; pesquisa sociológica e etnográfica; preservação e recuperação do património; investigação científica; educação ambiental; observação de cetáceos ('whale watching'); participação em negociações e decisões em instâncias internacionais

Ações do U – 35 no Algarve - 24 de Abril de 1917

3920O CINAV – Centro de Investigação Naval, com o apoio da Camara Municipal de Vila do Bispo e de divesas entidades, públicas e privadas, designadamente da firma de mergulho SUBNAUTA, sedeada na Praia da Rocha, realizou durante cerca de três anos a investigação dos destroços dos quatro navios afundados no dia 24 de Abril de 1917 pelo submarimo alemão U – 35, ao largo do Cabo de S. Vicente.

160 anos - Associação Naval de Lisboa 1856-2016

3891Por cortesia da Associação Naval de Lisboa, a Revista de Marinha recebeu um exemplar do Anuário de 2016, com expressiva capa de Tiago Moura, recordando os 160 anos da sua existência.Com o testemunho do seu Presidente de Honra, e Presidente da República, Prof.Doutor Marcelo Rebello de Sousa, o Anuário regista na primeira página as suas felicitações e reconhecimento pelo seu notável contributo para a “Cultura e Formação Cívica

Class NK Technical Bulletin

3882A firma Nippon Kaiji Kyokai, mais conhecida como Class NK, é uma prestigiada sociedade classificadora de navios, fundada em 1899 no Japão e com sede em Tóquio. É uma firma independente, sem fins lucrativos, que em Fevereiro de 2017 tinha sob a sua classificação 9.236 unidades, com um deslocamento global de cerca de 246 M tons, cerca de 20% da frota mundial (...)

O Mar numa publicação da Universidade de Coimbra

3884 A Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra acaba de publicar o nº 2, 3ª Série, de 2016, da sua Revista 'BIBLOS', dedicado exclusivamente ao tema 'MAR'. Pela importância de que se revestem, damos aqui nota dos títulos que nele se incluem: Rita Marnoto, Mar; Maria Luísa Malato e Celeste Natário, O mar de Sophia, o Marão de Pascoaes e as Metamorfoses de Ovídio; Vasco Gil Mantas, Suave, mari magno: Roma, a navegação e os seus mares; Anna Angelini, Il mare degli antichi e i suoi pericoli. Tra gorghi, stretti e rupi cozzanti; Avelino de Freitas de Menezes,

A Europa e o Mar

3881Decorreu em Faro, na Universidade do Algarve (Ualg) em 16 de Outubro de 2015 um oportuno debate relativo ao tema “A Europa e o Mar”, promovido pelo Gabinete de Informação do Parlamento Europeu em Portugal (...)

rebonave01

Economia Mar

enidh new

 

Porto de Aveiro Porto da Figueira da Foz

 

01
02

Venda de RM’s antigas

2273

Inquérito

Assuntos Preferidos

 

 

 

 

 

 

 


  Resultados

Navios de Cruzeiro

MSC Sinfonia MSC Opera Athena Princess-Daphne MSC Lirica MSC Armoria MSC Melody MSC Fantasia Princess-Danae