1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Quarta 23 Ago

Escaparate

The best I(n) can

3767Este é um livro cativante, criativo, pronto a devorar do princípio ao fim, quer pela excelente fotografia de inesperadas e requintadas iguarias recém-criadas a partir de conservas de pescado, quer pela originalidade da ideia de associar cantores e músicos de difentes géneros musicais à degustação de cada novo prato.

Shipping Statistics and Market Review 2016 vol 60 – nº 8

3726O Institute of Shipping Economics and Logistics (ISL) é uma fundação independente, não comercial, fundada em 1954, em Bremen. Tem vindo a ganhar merecido prestigio, sendo hoje uma das mais crediveis instituições de pesquisa do cluster marítimo europeu. Está organizado em três departamentos, “Sistemas Logísticos”, “Informação Logística” e “Economia do Transporte Marítimo”,

Entardecer

3707 Não é o que recebemos mas o que damos que revela o valor da vida que vivemos... é com estas palavras de dedicatória que o autor de “Entardecer”, publicado em Fevº 2012, acaba de oferecer à Revista deMarinha, na pessoa do seu diretor, esta pequena obra, genuina e despretensiosa, que merece ser conhecida e lida por muitos.

The Fuzileiros

3708A editora britânica Helion & Company, Ltd publicou recentemente, em língua inglesa, na sua coleção  africa@war>, com o nº 25, a obra em apreço.Trata-se de um trabalho bem documentado acerca da atividade dos nossos fuzileiros no antigo Ultramar, de que foi autor John P. Cann, um Professor americano que nos visitou muitas vezes e que teve a oportunidade de entrevistar muitos fuzileiros e ex-fuzileiros. 

Pensamento histórico e ação política do 2º Visconde de Santarém (1809 – 1855)

3697Manuel Francisco de Barros e Sousa de Mesquita de Macedo de Leitão e Carvalhosa, 2º Visconde de Santarém, nasceu em Lisboa em 1791, viveu nesta cidade e com a corte no Rio de Janeiro, e ocasionalmente em Londres e Paris, e a partir de 1834 no seu exílio parisience.

Manual para Operações de Salvamento Marítimo

3688Em boa hora o Instituto de Socorros a Náufragos promoveu a elaboração e edição do “Manual para Operações de Salvamento Marítimo”, com impressão no Instituto Hidrográfico, e uma tiragem muito limitada, de apenas 350 exemplares. A obra, cuja 1.ª edição foi publicada em 24 de Maio de 2016, tem 115 páginas e está dividida em 11 capítulos, e tem um prefácio do Director-Geral da Autoridade Marítima, V/Alm. António Silva Ribeiro.

Apresentação do livro “Os barcos da Ria de Aveiro”

3687No passado dia 5 de Agosto de 2016, dia que marcou o início da segunda edição do “Ílhavo Sea Festival”, com a visita ao porto de Aveiro de diversos veleiros nacionais e estrangeiros, e que se estendeu durante todo o fim-de-semana, serviu igualmente para propiciar o dia escolhido pelo Sr. António Marques da Silva, Capitão da Marinha Mercante, para, perante uma assistência interessada,

Glossário Náutico

3665Promovido pela Sindicato dos Capitães, Oficiais Pilotos, Comissários e Engenheiros da Marinha Mercante (OFICIAISMAR) e com autoria de Luis Filipe Costa, foi recentemente publicado o livro “Glossário Náutico”.            Em boa hora o Cte. Luis Filipe Costa (Marinha Mercante) tomou a iniciativa de dar corpo a esta interessante publicação tendo como colaborador o também Cte. Carlos Alberto Muralha,

História do reduto Gomes Freire

3652Numa edição do Ministério da Defesa Nacional, esta obra tem o esclarecedor sub-título ... contributos para a História das Forças Armadas Portuguesas e da Organização do Tratado do Atlântico Norte no reduto. O forte de S. Julião da Barra tem nas suas imediações, a cerca de 700 m a NE, o outeiro do Algueirão ou da Medrosa, com uma cota 34 m acima da fortaleza. Assim, quando Wellington construiu a linha fortificada de Oeiras,

Conquistadores

3610Neste interessante livro, o seu autor, Roger Crowley, aborda a viagem de Vasco da Gama à India (1497/1499) e os primeiros vinte anos de presença Portuguesa no Índico, grosso modo, os vice-reinados de Francisco de Almeida e de Afonso de Albuquerque. Em menos de duas dezenas de anos os Portugueses, que na altura pouco excederiam o milhão de almas, foram capazes de construir um império nas margens do Oceano Índico, 

“Nos mares do fim do mundo”

3603Com data de Março 2016, colaboração do Museu Marítimo de Ílhavo, e apoio de um grupo de leitores por meio de um projeto de financiamento coletivo, a E-Primatur, chancela editorial de “Letras Errantes, Lda”, acaba de publicar “Nos mares do fim do mundo”, aquela que foi a única obra de prosa do dramaturgo Bernardo Santareno, em boa hora reeditada, e incluindo agora dois textos inéditos, “Responsabilidade” e “Rebelião”.

Recordando a pesca do bacalhau!

3590No sábado dia 16 de Abril, a pesca do bacalhau com os seus dramas, acidentes e incidentes, esteve presente em duas cidades nortenhas em eventos de cariz diferente. Em Esposende, o Museu Marítimo, com o patrocínio da Câmara Municipal e da Associação Fórum Esposendense, apresentou o documentário “Nos mares da Memória – Estórias da Faina Maior”.

rebonave01

Economia Mar

enidh new

 

Porto de Aveiro Porto da Figueira da Foz

 

01
02

Venda de RM’s antigas

2273

Inquérito

Assuntos Preferidos

 

 

 

 

 

 

 


  Resultados

Navios de Cruzeiro

Athena Princess-Danae Princess-Daphne MSC Melody MSC Lirica MSC Armoria MSC Fantasia MSC Sinfonia MSC Opera