1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Domingo 24 Set

Escaparate

Grandes Naufrágios Portugueses – 1194-1991

2666 1Editado pela " A Esfera dos Livros", foi recentemente disponibilizada ao público mais uma obra do Cte. José António Rodrigues Pereira. "Grandes Naufrágios Portugueses", tendo como subtítulo "Acidentes Marítimos que marcaram a História de Portugal" (...)

Navios da Pesca do Bacalhau

2654A obra que aqui comentamos é uma interessante exposição de 127 fotografias de navios bacalhoeiros, agora organizada na forma de um livro. O seu autor - o Capitão da Marinha Mercante, José Ferreira dos Santos - tem um acervo fotográfico constituido por alguns milhares de fotografias de navios, na sua maioria portugueses, (...)

Fahrenheit 1759 – A batalha de Lagos

2595

A cerca de 300 metros da praia da Salema, no Barlavento Algarvio, e a uma profundidade menor que os 10 metros, encontram-se os restos de um navio francês do século XVIII, cuja história é certamente familiar para todos aqueles que acompanharam a arqueologia subaquática em Portugal nos últimos 20 anos(...)

 

O Naufrágio da Nau Conceição

2594_01

O tristemente famoso episódio do afundamento da nau NOSSA SENHORA  DA  CONCEIÇÃO ao largo da Ericeira, em 1621, tema do livro “Combate e naufrágio da nau Conceição (1621). Tribulações no Mar e em terra”, já foi analisado sob diversos prismas e objectivos (...)

 

Das Naus à Vela às Corvetas de Ferro

2581

Em 1807 a Marinha Portuguesa operava mais de uma dezena de navios de linha, bem armados e equipados, designadamente a nau PRINCIPE REAL, montando 90 peças e com mais de 900 homens de tripulação. Uma das razões para a invasão de Junot terá mesmo sido o controlo desta força naval, que tinha algum peso no equilibrio politico de então (...)

 

Curso Nuno Tristão

2295 Trata-se de uma publicação atípica, muito focada e não - comercial; é o “livro de curso”  dos antigos alunos do curso Nuno Tristão,  que frequentaram a Escola Naval no período de 1961 a 1965. Foi editado em Dezembro de 2011, no âmbito das comemorações do 50º aniversário da sua entrada na Marinha. Os cursos da Escola Naval têm um patrono; neste caso, coube-lhes Nuno Tristão, um navegador do Infante, do sec XV, que em três viagens sucessivas descobriu a costa africana do Rio do Ouro até ao interior dos rios da Guiné, tendo sido morto, segundo reza a História,  num confronto com os gentios nas margens do rio Gâmbia.

A Viagem da Corveta - Uma década de episódios navais

2319

Ao longo de uma trajectória de vida na Marinha de Guerra Portuguesa, desde a Escola Naval até à génese, construção e actividades numa Corveta, uns mais felizes que outros, alguns picarescos, outros cómicos, decidi reunir uma experiência de uma década, construida numa ligação afectiva à Marinha, ao Mar e aos Homens do Mar, cujos objectivos fundamentais são para além de proporcionar um outro conhecimento da profissão de marinheiro, dar a conhecer algumas histórias que têm sido contadas repetidamente ao longo do tempo

Moliceiros. A Memória da Ria

2338

No passado dia 12 de Abril foi apresentada ao público da região de Lisboa a nova edição de “Moliceiros. A Memória da Ria” de Ana Maria Lopes e Paulo Godinho depois das primeira, de 1997, estar de há muito esgotada. A cerimónia decorreu no Pavilhão das Galeotas do Museu de Marinha, com a presença dos autores e do editor – Âncora Editora – Dr. Baptista Lopes, e teve numerosa assistência, tendo cabido a apresentação ao C/Alm  m.n. ref.  Rui de Abreu.

Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo

2424

O texto Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo, com o subtítulo contributos para a compreensão da sua evolução funcional, foi recentemente publicado, no âmbito das comemorações do XXV aniversário da ANS–Associação Naval Sarilhense, de Sarilhos Pequenos, concelho da Moita. Este texto sintetiza parte do trabalho de investigação realizado ao abrigo do protocolo de parceria existente entre a ANS

O Livro de Curso do “LC”

2563

Todos os cursos que passaram pela Escola Naval têm vindo a comemorar o cinquentenário da sua admissão naquele estabelecimento de ensino, que para a maioria constituiu o início de uma carreira mais ou menos longa na Marinha de Guerra. O curso de 1960/63 teve por patrono o poeta Luís Vaz de Camões, (...)

Iconografia de Batallas y Combates Navales Españoles

CCE26022011

Trata-se, simultaneamente, de um interessante livro de História e de Arte, reunindo um número muito significativo de quadros e gravuras relativas a batalhas navais em que participou a Armada de Espanha. Estas obras, que abarcam o período que vai da tomada de Orão, em 1509, até ao desembarque de Alhucemas, em 1925, na Guerra do Rif, são agrupadas por períodos e acompanhadas por textos explicativos (...)

Christianity, Commerce and Corso 1522 – 1538

CCE14122010_00000

O Cte. Armando da Silva Saturnino Monteiro publicou no passado mês de Novembro de 2010 o volume II da sua obra magistral "Batalhas e Combates da Marinha Portuguesa", na sua versão em língua inglesa.

Como nos referimos já na edição RM 959 (Dez 10 / Jan 11) acerca do volume I, a tradução para inglês da sua obra é um importante serviço que o autor presta a Portugal e à cultura Portuguesa, tornando disponível a todos, em todo o Mundo, na lingua franca que é hoje o inglês

rebonave01

Economia Mar

enidh new

 

Porto de Aveiro Porto da Figueira da Foz

 

01
02

Venda de RM’s antigas

2273

Inquérito

Assuntos Preferidos

 

 

 

 

 

 

 


  Resultados

Navios de Cruzeiro

MSC Opera MSC Lirica MSC Fantasia MSC Melody Princess-Daphne Athena MSC Armoria MSC Sinfonia Princess-Danae