Construção e Reparação Naval

2020, o melhor ano da West SEA

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O engenheiro Carlos Martins, CEO do Grupo Martifer detentor da West SEA,  disse, à margem duma visita que o Ministro do Mar efetuou aquela unidade de construção naval, prever um volume de vendas para o ano de 2020 de cerca de 100 milhões de euros, o melhor ano de sempre dos estaleiros, quer na reparação, quer na construção naval.

A West SEA, que explora a concessão dos antigos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, é detentora de uma carteira de encomendas invejável e «muito sólida», tanto na reparação, como na construção, o que permite garantir trabalho e estabilidade aos cerca de 1.200 trabalhadores que este ano operam diariamente nos estaleiros.

O logo da WestSEA decorando um dos edifícios do estaleiro (pormenor duma imagem de Luís Miguel Correia)
O logo da West SEA decorando um dos edifícios do estaleiro (pormenor duma imagem de Luís Miguel Correia)

A carteira de encomendas está preenchida com a construção em simultâneo de quatro navios polares para o único cliente, o armador Mário Ferreira, da Mystic Cruises. Na reparação naval, a carteira está completa até meados de 2021.

O administrador da Martifer aproveitou a ocasião para anunciar a construção de uma nova doca, que custará cerca de 15 milhões de euros, prevendo-se a conclusão para o segundo trimestre de 2022. Esta nova valência irá possibilitar a contratação de 120 postos de trabalho diretos e permitirá a construção de navios de maior comprimento.

Os estaleiros da West SEA, em Viana do Castelo (imagem West SEA)
Os estaleiros da West SEA, em Viana do Castelo (imagem West SEA)

Na visita que efetuou a esta unidade de construção naval no dia 7 do corrente, o Ministro do Mar felicitou os estaleiros por terem atravessado a pandemia em atividade sem sobressalto.

Este estaleiro atravessou a Covid-19 com sucesso e hoje está a funcionar em pleno, até com mais gente e com um caderno de contrato muito relevante. (Ricardo Serrão Santos, Ministro do Mar)

Manuel De Oliveira Martins

Manuel de Oliveira Martins, Comandante da Marinha Mercante, chefiou o Departamento de Pilotagem do Porto de Viana do Castelo de 1985 a 2001. Colabora com a Revista de Marinha desde agosto de 2017.

Comentar