Conferências

A 1 ª Semana da Pesca Artesanal de Cabo Verde

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A Biosfera I (Associação Ambientalista de Cabo Verde) e a Associação Economia Azul de Portugal, promovem a 1ª Semana da Pesca Artesanal, que decorrerá de 31 de janeiro a 4 de fevereiro de 2022, um evento que visa realçar o importante contributo da pesca artesanal para a dieta alimentar dos cabo-verdianos e o desenvolvimento socioecónomico local e nacional, para além de chamar atenção para as necessidades prementes de sustentabilidade do setor e das comunidades piscatórias.

O evento, conforme se explica adiante, surge na sequência da decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas, que proclamou 2022 como o Ano Internacional da Pesca Artesanal e Aquicultura, tem o apoio institucional da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP), da Direção Nacional das Pescas e Aquacultura (DNPA), do Instituto do Mar (IMar), da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde (ANMCV) e da Câmara de Comércio do Barlavento (CCB).

Integrados na 1ª Semana da Pesca Artesanal, estarão uma série de workshops sobre temas relevantes e uma Minifeira que se irá realizar no IMar, na cidade do Mindelo.

A Biosfera realiza ações de sensibilizacão sobre a proteção do meio marinho junto das comunidades piscatórias (imagem Biosfera 1 Cabo Verde)
A Biosfera realiza ações de sensibilizacão sobre a proteção do meio marinho junto das comunidades piscatórias (imagem Biosfera 1)

Enquadramento

Os produtos da pesca são um componente alimentar importante e constantemente acessível em todo o mundo, fornecendo mais de 20% da ingestão média per capita de proteína animal para 3 bilhões de pessoas e mais de 50% em alguns países menos desenvolvidos, desempenhando um importante papel no combate à fome e demonstrando que hoje o setor pesqueiro é crucial para a segurança alimentar e nutrição humana (FAO, 2018). Reconhecendo a importância da contribuição da pesca de pequena escala para a segurança alimentar e a erradicação da pobreza, as reuniões do Comitê de Pesca da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) em 2014 e 2018 enfocaram a pesca em pequena escala, tendo a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamado 2022 como o Ano Internacional da Pesca Artesanal e Aquicultura para melhorar o conhecimento das contribuições deste setor para os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) da Agenda 2030 (FAO, 2018), bem como para aumentar a conscientização dos decisores políticos sobre a importância das políticas e programas que promovem a pesca artesanal sustentável. Juntando a voz a este marco importante, a Biosfera I, organização nacional não governamental e sem fins lucrativos, sediada na ilha de São Vicente, e a Associação Economia Azul, sediada em Portugal, no âmbito da execução do Memorando de Entendimento com a representação da FAO em Cabo Verde, para o estabelecimento de atividades no âmbito do Projeto IPC-AO – Iniciativa de Pesca Costeira – África Ocidental ”em particular no Componente do Projeto 1 – Melhor governança e gestão das pescas, em parceria com a DNRM, o IMar, a Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde e a Câmara de Comércio do Barlavento, celebram, na primeira semana do mês de fevereiro, a 1ª Semana da Pesca Artesanal. Este evento conta também com o apoio institucional da CPLP, reforçando o âmbito universal da questão que este evento pretende debater.

Pescadores em Cabo Verde (imagem Biosfera1)
Pescadores em Cabo Verde (imagem Biosfera1)

O formato do evento

O evento se realiza em formato híbrido, presencial e online, no auditório e espaço anexo do IMar, onde decorrerá uma minifeira, com exposição de produtos e serviços de empresas ligadas ao sector da pesca, e em geral ao tema Mar, ao ambiente, à sustentabilidade. Dois dos dias serão por essa razão denominados ENCONTROS DOS OCEANOS

Os objetivos

O evento visa realçar o importante contributo da pesca artesanal para a dieta alimentar saudável da população do país e para o desenvolvimento socioecónomico local e nacional, bem assim, chamar atenção para as necessidades prementes do setor, para que possa continuar a contribuir para a melhoria das condições de vida das comunidades, de forma responsável e sustentável.

Os principais desafios

Durante uma semana, serão debatidos os desafios presentes e futuros da pesca artesanal em Cabo Verde, e ainda temas importantes como parcerias público-privadas para o setor, prevendo-se também a apresentação de trabalhos realizados no âmbito do projeto IPC, com impactos positivos para o setor das pescas. Antevendo o importante contributo que a sua organização poderá imprimir ao evento, muito na honraria poder contar com a vossa participação, a tomar parte de forma presencial ou online, no todo ou parte do evento.

Para mais informações consulte o site https://www.camara.cv/1a-semana-da-pesca-artesanal/

Biosfera 1 (https://www.biosfera1.com/)

Fonte: Associação Economia Azul

Comentar