Ensino e Formação

Abertura Solene do Ano Letivo na Escola Náutica

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

No passado dia 14 de outubro teve lugar no auditório do campus da ENIDH – Escola Superior Náutica Infante D. Henrique a sessão solene de abertura do novo ano escolar e, simultaneamente, a celebração do 96º aniversário da Escola, fundada em 1924.

A cerimónia, presidida pelo Ministro do Mar, iniciou-se cerca das 15h30 e consistiu em numerosas intervenções intercaladas pela entrega de prémios aos melhores alunos no ano letivo de 2919 – 20, entrega de prémios da Associação Alumni da ENIDH e ainda, pela primeira vez, a entrega de “placas de homenagem” aos Professores que se aposentaram no último ano.

A primeira intervenção foi do Presidente da Associação de Alunos, Manuel Morais, a que se seguiu o Dr. Rui Raposo, Presidente do Conselho Geral da Escola.

Manuel Morais (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)
Manuel Morais (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)

Em seguida usou da palavra o Prof. Doutor Luís Filipe Baptista, Presidente da ENIDH, que começou por se referir ao ano letivo passado, atípico em virtude da pandemia que obrigou a uma rápida adaptação para um ensino não presencial, com sucesso, mostrando ter a Escola uma estrutura com significativa resiliência. Assinalou que os seus ex-alunos têm uma das mais baixas taxas de desemprego e referiu-se a alguns projetos, designadamente à aquisição de novos simuladores de última geração, um investimento de cerca de 2 M€, financiado com fundos dos EEA grants. Destacou por fim que a EÑIDH havia formado em 2019/20 135 diplomados, designadamente 26 em pilotagem, 36 em engenharia de máquinas marítimas e 30 em gestão de transportes e logística.

Prof. Doutor Luís Filipe Baptista, Presidente da ENIDH (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)
Prof. Doutor Luís Filipe Baptista, Presidente da ENIDH (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)

O orador seguinte foi o Dr. Isaltino de Morais, Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, que numa intervenção muito assertiva, bem ao seu estilo, assinalou o orgulho que o Município tem em ter a ENIDH no seu território e declarou ter toda a disponibilidade para apoiar a Escola nos seus projetos de crescimento. Recordou que a extensa costa do concelho de Oeiras, de S. Julião da Barra a Algés, incluindo a margem norte da barra do rio Tejo lhe confere uma acentuada maritimidade.

O Dr. Isaltino de Morais usando da palavra (imagem de João Gonçalves)
O Dr. Isaltino de Morais usando da palavra (imagem de João Gonçalves)

Depois deste primeiro conjunto de intervenções teve lugar a entrega de numerosos prémios aos melhores alunos dos diversos cursos no ano letivo transato, com o apoio de muitas empresas e instituições, o que mostra a boa ligação da Escola à sociedade civil; uma destas instituições foi a Confraria Marítima – Liga Naval Portuguesa, objeto de notícia em separado.

Seguiu-se no uso da palavra o Eng.º Rui Reis, Presidente da Associação dos Alumni da ENIDH, que recordou que em 2024 a Escola comemorará o seu primeiro centenário, e se disponibilizou para integrar uma comissão para desde já preparar uma celebração condigna daquela data e se referiu à atribuição dos prémios “Carreira” e “Padrão dos Descobrimentos”.

A Cmdt. Cristina Alves, Prémio Carreira 2020 (imagem de João Gonçalves)
A Cmdt. Cristina Alves, Prémio Carreira 2020 (imagem de João Gonçalves)

O Presidente do júri do prémio “Carreira”, Dr. Luís Palha da Silva, numa elogiosa intervenção, justificou a escolha da Cmdt. Cristina Alves, que concluiu quase em simultâneo as licenciaturas em arquitetura e em pilotagem, em 1979, mas que seguiu uma notável carreira náutica tendo sido Piloto, Comandante, Diretora de Operações de armadores e por fim Administradora – Executiva da firma Portline Bulk International.

O Prémio PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS (imagem Assoc. Alumni da ENIDH)
O Prémio PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS (imagem Assoc. Alumni da ENIDH)

O prémio “Padrão dos Descobrimentos” foi criado pela Associação dos Alumni para distinguir uma personalidade que tenha dado um contributo relevante para o desenvolvimento entre nós da “economia do mar”, tendo sido atribuído ao armador Dr. Mário Ferreira, o terceiro maior operador de cruzeiros fluviais do mundo e que, como se sabe, com a firma Mystic Cruises se iniciou recentemente na aventura dos cruzeiros oceânicos de exploração.

O Dr. Mário Ferreira recebendo o prémio dos Alumni (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)
O Dr. Mário Ferreira recebendo o prémio dos Alumni (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)

Seguiu-se a intervenção, em francês, do Dr. Marcellin N’Djonon, Encarregado de Negócios da Costa do Marfim, que se referiu a uma parceria entre a ENIDH e a Académie Régionale des Sciences et Techniques de la Mer (ARSTM), a que se seguiu, em inglês uma intervenção da Dra. Maja Kostelac, Diretora-Executiva da EMSA, a Agência de Segurança Marítima Europeia, sedeada em Lisboa.

O Dr. Marcellin N’Djonon, Encarregado de Negócios da Costa do Marfim (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)
O Dr. Marcellin N’Djonon, Encarregado de Negócios da Costa do Marfim (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)

Encerrou a sessão o Ministro do Mar, Prof. Doutor Ricardo Serrão Santos que se congratulou com os resultados obtidos no ano letivo de 2019 / 20, reiterou o seu apoio à ENIDH e formulou votos de muito sucesso no ano que agora se inicia.

Ricardo Serrão Santos (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)
Ricardo Serrão Santos (imagem Carmo Montanha, cedida por GCMunicípio de Oeiras)

A Revista de Marinha muito agradece o convite para estar presente nesta cerimónia, felicita vivamente todos os agraciados e deseja à ENIDH, na pessoa do seu Presidente, muitas felicidades na singradura do novo ano letivo de 2020/21; que a Escola encontre sempre ventos bonançosos e favoráveis, mares calmos e águas abertas e safas!

Henrique Alexandre Da Fonseca

Vice-almirante, licenciado em Ciências Sociais e Políticas (ISCSP, 1972/76). Presentemente, é editor e diretor da "Revista de Marinha" e das “Edições Revista de Marinha”, Presidente da Comissão Consultiva da AESE para a “Economia do Mar”, Presidente do Conselho Supremo da Sociedade Histórica da Independência de Portugal e Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Confraria Marítima de Portugal. É também membro activo da Academia de Marinha, da Cofradia Europea de la Vela, Sociedade de Geografia de Lisboa.

Comentar