Autor

Manuel de Oliveira Martins

Browsing

O Porto de Mar de Viana do Castelo assinalou, dia 12 de outubro, o dia do porto.

Durante o dia, o porto esteve aberto à comunidade para visitas a diversos locais, tendo havido visitas guiadas e passeios de barco no rio Lima.

À tarde, a bordo do navio Gil Eannes realizou-se a abertura de uma exposição «O Porto de Viana nos séculos XIX e XX: Um percurso histórico através da cartografia hidrográfica», elaborada e apresentada pela geógrafa Dra. Andreia Amorim Pereira que traçou em linhas gerais a evolução do porto nos séculos XIX e XX.

Estiveram presentes na cerimónia, o sr. Presidente da Câmara e da Fundação Gil Eannes, Engenheiro José Maria Costa, elementos da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, o sr. Capitão do Porto e demais autoridades civis e militares.

A cerimónia terminou com um verde de honra, mas antes, foi «servido» um momento teatral representado por atores do Centro Dramático de Viana (CDV) – Teatro do Noroeste, interpretando a peça «Memória do nosso porto», aludindo significativamente a episódios passados no porto que animaram o público presente.

viana do castelo, dia do porto, capitão do porto,
Atores do Centro Dramático de Viana (CDV) – Teatro do Noroeste, interpretaram a peça «Memória do nosso porto» (foto do autor)

Com este «Dia do Porto», a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, pretendeu dar maior visibilidade ao porto, promovendo a proximidade com a população académica através da instituição do prémio Melhor Aluno do Secundário, que foi atribuído nesta mostra ao aluno melhor classificado no ano anterior nas escolas do concelho.

O Porto de Viana tem vindo a crescer, como foi salientado pelo Engº. Gonçalves, em representação da Administração Portuária, referindo que no último ano foram movimentadas 415 mil toneladas de mercadoria, que representou um crescimento de 6% relativamente ao ano anterior. A dotação de equipamento mais moderno e seguro para a movimentação de cargas, como foi o caso da aquisição de uma grua móvel com capacidade para 100 toneladas, cujo custo rondou os 5 milhões de euros foi outro ponto referenciado.

Por outro lado, o sr. Presidente da Câmara, realçou o facto de 40 anos depois do projeto inicial do Porto Comercial (1978) que previa os acessos ao porto, finalmente terem sido adjudicados os trabalhos de ligação do porto ao nó da Zona Industrial do Neiva e consequentemente à A28, permitindo assim a ligação às principais vias rodoviárias, contribuindo para o desenvolvimento do porto e da região. Também foi salientado por este autarca, o aprofundamento do canal de acesso à zona do anteporto, permitindo aos estaleiros navais da West Sea operar navios de maior tonelagem em condições mais seguras, possibilitando um aumento de novas construções e reparações, consequentemente criação de mais postos de trabalho.

viana do castelo, dia do porto, capitão do porto, gil eannes
A cerimónia decorreu a bordo do GIL EANNES. (foto do autor)