Categoria

Escaparate

Categoria

No prefácio deste “pequeno – grande” livro, o Presidente da Sociedade Histórica da Independência de Portugal (SHIP), Dr. José Ribeiro e Castro, afirma ser uma honra estrear a coleção “Ensaios” da Editora Principia, precisamente com este “magnífico ensaio”.

De início, foi concebido apenas como texto da conferência lida por uma das filhas do Prof. Dr. Engº Roberto Carneiro – Dra. Marta Carneiro – na cerimónia de entrega do Prémio “Identidade Portuguesa – Prémio Aboim Sande Lemos”, que em 25 maio de 2018 foi atribuído a seu Pai.

Como diz o Presidente da SHIP, trata-se de “um texto meticuloso (…) sinal do seu amor: pela língua e pela identidade portuguesa”, onde o autor nos ajuda a melhor “(…) compreender o especial valor e capacidade de alavanca de três” dos (cinco) recursos estratégicos de Portugal, a saber: “a posição geográfica, a História e a Língua (…)”, que” na relação com a Europa e desta connosco” lhes permite atingir “(…) a plenitude da sua potência”.

Numa nota introdutória, o Eng.º Roberto Carneiro explica que este seu texto de opinião, ou “ensaio subjetivo”, representa “uma homenagem pessoal à nossa-minha-língua pátria, que nos une e identifica como traço dominante de uma identidade única no mundo”, tendo, no entanto, introduzido algumas alterações, dado o facto de a sua publicação ocorrer agora, passados três anos da sua elaboração e já num contexto de pandemia que tanto tem afetado as circunstâncias em que vivemos. Afirma pretender uma mobilização de todos, para vencer a “negatividade” dos que parecem sempre apostados numa “(…) doentia tendência masoquista que se manifesta na requintada arte de maldizer sobre a condição portuguesa no mundo”. Assim, é seu desejo contribuir para uma visão e “determinação otimista, logo ganhadora” ante os enormes desafios do futuro, que o nosso país saberá enfrentar, como “nação tradicionalmente aberta ao mundo e em diálogo incessante com as demais nações e culturas”.

Identidade Nacional: A Condição Portuguesa e a Nossa Língua Pátria
Capa do livro

Explica ainda, o autor, que o seu ensaio está dividido em cinco partes: uma primeira nota de introspeção e reminiscências, em que se nos apresenta como “(…) um luso-oriental-ilhéu impenitente(…)”; uma segunda parte, em que avança pelos “(…) intrincados labirintos da identidade nacional(…)”, onde desenvolve a ideia fundamental de sermos “(…) uma Nação de Nações, uma Pátria que não descansa de se dar ao mundo(…)”; na terceira parte, aborda as “(…) contradições de que se encontra ferido o modo de ser lusitano(…)”; na quarta parte, reflete sobre”( …) o Mar e a Língua Portuguesa”, evocando as inesquecíveis palavras , respetivamente, de Virgílio Ferreira e D. Manuel Clemente, “Da minha Língua vê-se o mar” e “O mar fez-nos Nação”; por fim, na quinta parte, o autor faz a apresentação muito original e feliz, de  “(…) cinco apartados para homenagear a nossa Língua Portuguesa”, dando voz a alguns dos nossos maiores poetas portugueses nos seus diferentes registos e cambiantes, apresentando a Língua Portuguesa como sendo “Uma Língua que canta o Amor como nenhuma outra”, “ Uma Língua de sonhos e silêncios”, Língua de comunhão entre Humano e Divino, e entre Ser Humano e Natureza, e Língua da Saudade e Nostalgia.

Resta-nos felicitar vivamente, o Engº Roberto Carneiro, por este brilhante ensaio que, uma vez mais, é uma gozosa reflexão e mostra de Cultura que generosamente partilha com todos, engrandecendo o nosso Património e alimentando o orgulho de com ele sermos Portugueses. Ao mesmo tempo, traz até nós uma marca pessoal de confidência e sensibilidade familiar, numa nota final cheia de ternura, beleza e poesia, rematada pelo belíssimo poema de Sophia de Mello Breyner,” O mar dos meus olhos”, dedicado às “dezassete mulheres” da sua vida, uma “chave de ouro” que só podemos louvar!

A Revista de Marinha cumprimenta, igualmente, a SHIP, na pessoa do seu Presidente, bem como a Editora Principia, pela oportuna e feliz divulgação deste ensaio, com tão cuidada e excelente apresentação.

Para aquisição, deixamos custo do livro – € 8,55 – e os contactos da editora: e-mail principia@principia.pt , tel 21 467 8710, endereço postal, Edifício Britannia, Rua Vasco da Gama, nº 60 C   2775-297 Parede.