Categoria

Modelismo

Categoria

Este modelo do N.R.P. CORTE REAL foi construído precisamente por um destes elementos da nossa “Briosa”

Já algumas vezes tenho mencionado que o que nos leva a construir modelos são as nossas memórias, o gosto pelo hobby, pelo objecto representado, ou algo que nos marcou na nossa vida, pessoal ou profissional. O modelo que vos trago nesta crónica é um destes últimos casos, que passo brevemente a descrever. Ser um elemento da primeira guarnição de um navio é sempre uma honra e algo que nunca se esquece!  A Marinha Americana tem inclusive um termo, que acho genial …  plank owner, o que revela muito dessa importância.

Pormenor do castelo de proa, com a peça Creusot-Loire M68 CADAM e a estrutura da ponte, vendo-se o sino do navio (imagem Fernando Martins) FRAREAL
Pormenor do castelo de proa, com a peça Creusot-Loire M68 CADAM e a estrutura da ponte, vendo-se o sino do navio (imagem Fernando Martins)
Pormenor das superestruturas a meio navio, vendo-se os principais radares e os dois reparos lança-mísseis Harpoon (imagem Fernando Martins)
Pormenor das superestruturas a meio navio, vendo-se os principais radares e os dois reparos lança-mísseis Harpoon (imagem Fernando Martins)

Este modelo do N.R.P. CORTE REAL foi construído precisamente por um destes elementos da nossa “Briosa”, neste caso específico, o Sargento-Mor CE ref Fernando Martins. Chegando à reforma e após ter tido acesso aos planos das nossas fragatas Meko 200 PN, dedicou-se a construir em madeira ao longo de cerca de dez anos, a “sua” fragata.

Pormenor das superestruturas a meio navio, com as distintas chaminés em "V" (imagem Fernando Martins)
Pormenor das superestruturas a meio navio, com as distintas chaminés em “V” (imagem Fernando Martins)
Pormenor do convés de vôo e hangar, mostrando o CIWS Phalanx. (imagem Fernando Martins)
Pormenor do convés de vôo e hangar, mostrando o CIWS Phalanx. (imagem Fernando Martins)

Pediu ajuda junto de elementos do Museu de Marinha, que explicaram como resolver alguns dos desafios que se aproximavam, e com um modelo do N.E. SAGRES feito pelo meio, Fernando Martins tem agora a possibilidade de ter na sua sala um modelo à escala 1/100 da fragata Corte Real (F-332) com as especificações à data da entrega, que ocorreu a 22 de Novembro de 1991.
Não foi construído de forma contínua, pois o modelismo nem sempre tem prioridade nas nossas vidas, mas mostra que com empenho e dedicação se conseguem atingir as metas e os resultados. E o resultado está à vista, está patente nas fotografias que ilustram esta crónica!

Bravo Zulu caro Fernando Martins!

Bons Modelos!

Nota da redação:  Artigo originalmente publicado na edição nº995, janeiro/fevereiro de 2017