Portos

Finalmente, o canal de acesso a Viana!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Concurso público será lançado em setembro

Estaleiros da WEsSea, em Viana do Castelo (foto Manuel Martins)

A fim de permitir o acesso a navios de maior calado aos estaleiros da West Sea, vai ser lançado em setembro o concurso público para aprofundamento do canal de navegação que dá acesso aquele empreendimento industrial de construção e reparação naval, disse a ministra do Mar, no dia 11 de abril, à margem da assinatura de um protocolo tendo em vista a criação de uma base naval de treinos de barcos à vela, entre a Câmara Municipal e a empresa NELO M.A.R. Kayaks, Lda.

A empresa West Sea, concessionária dos antigos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) suportará o custo do investimento previsto de 15 milhões de euros no aprofundamento do canal de acesso à margem Norte do Porto de Viana. Este melhoramento potenciará o acesso ao dobro de navios que aquela empresa poderá vir a operar.

Melhorias nos acessos não ficam por aqui

O acesso rodoviário ao porto de mar (há muito ansiado), foi outro assunto referido pela ministra do mar que reafirmou o lançamento do concurso para o próximo mês de junho.

Este projeto concluído em 2008, ligará o porto comercial ao nó da A28, em S. Romão do Neiva, permitindo retirar o tráfego de veículos pesados do centro das povoações. O investimento é maioritariamente suportado pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) e ronda os 9,5 milhões de euros.

A barra do porto de Viana vista do cais (foto Manuel Martins)

A «declaração de utilidade pública dos terrenos» necessários à execução daquela obra, foram já anunciados durante uma visita da ministra do mar à capital do Alto Minho em março do corrente ano.

O caderno de encargos e concurso público podem já avançar conforme pedido feito pela ministra à APDL, para acelerar o procedimento, a fim de que no próximo ano possa haver obra.

No protocolo assinado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo e a APDL, ficou assente que será a Câmara que lançará o concurso embora a maioria do financiamento seja da APDL.

A finalizar, a senhora ministra realçou que estes investimentos são «considerados projetos de elevado interesse nacional e estão incluídos na estratégia para o aumento da competitividade dos portos nacionais».

 

Manuel de Oliveira Martins, Comandante da Marinha Mercante, chefiou o Departamento de Pilotagem do Porto de Viana do Castelo de 1985 a 2001. Colabora com a Revista de Marinha desde agosto de 2017.