Efemérides

O Dia do Pescador em Sesimbra 2021

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

No passado dia trinta e um, a Vila de Sesimbra organizou mais um dos seus já tradicionais Dia do Pescador.

Trata-se de um dos eventos mais mobilizadores da comunidade, extravasando em termos culturais o âmbito meramente da pesca, numa localidade onde são raras as famílias sem ligação direta ou indireta à pesca, no presente ou no passado.

Primeiro porto de pesca do país em volume, e segundo em valor, há uns anos a esta parte, e com um ano de 2019 particularmente bem sucedido, Sesimbra celebrou o dia do Pescador com a presença de inúmeras personalidades de destaque com profunda ligação às pescas e a Sesimbra, como a Excelentíssima Senhora Secretária de Estado das Pescas, o Senhor Presidente da Câmara de Sesimbra, o Senhor Capitão do Porto de Setúbal, e membros dos Conselhos de Administração da APSS e DOCAPESCA,  com um programa promovido pela sua Câmara Municipal, com atividades de diversa índole, que tiveram como palco a malha urbana de excelente qualidade que se estende da Fortaleza e Museu de Santiago ao Cine Teatro João Mota,  e de onde sobressaiu para além de um almoço de convívio, a distinção pública das individualidades que se destacaram no período de 2019 e 2020, a inauguração ao Monumento “Aiola 25 de Abril”, a tradicional homenagem aos pescadores com a deposição de uma coroa de flores no monumento que lhes é dedicado, e a não menos tradicional missa na Capela da Misericórdia, em memória dos pescadores já falecidos.

O Dr. Ricardo Medeiros, vogal do CA da APSS, entregou à Aiola JAIME E LUCINDA a placa assinalando a Distinção à Comunidade Piscatória Sesimbrense. (imagem CM de Sesimbra)
O Dr. Ricardo Medeiros, vogal do CA da APSS, entregou à Aiola JAIME E LUCINDA a placa assinalando a Distinção à Comunidade Piscatória Sesimbrense. (imagem CM de Sesimbra)

Com uma geometria desenhada em conformidade com um plano de ordenamento concebido e implementado pela APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, a qual exerce localmente a figura de Autoridade Portuária, o Porto de Sesimbra consegue ter as suas principais atividades da pesca e do recreio simultaneamente diferenciadas e integradas, tanto em terra como no espelho de água, numa gestão compartilhada com outras atividades, como por exemplo o mergulho, a marítimo – turística, e a reparação e manutenção naval.

Uma constante das conversas do muito agradável convívio que constituiu o Dia do Pescador em Sesimbra 2021, não pode deixar de ser a recentemente inaugurada ponte cais nº 4, construída pela APSS, um desígnio manifesto da classe piscatória, e que vem reforçar o ordenamento e do porto, agora com três pontes cais dedicadas à pesca e uma ao recreio.

Panorâmica do Porto de Sesimbra, assinalando-se a nova Ponte Cais nº4 (imagem APSS)
Panorâmica do Porto de Sesimbra, assinalando-se a nova Ponte Cais nº4 (imagem APSS)
Artur Manuel Pires

Artur Manuel R.N.Pires (Luanda, Maio, 1955), Engenheiro de Minas pelo IST, consultor de engenharia em gabinetes nacionais, na multinacional DHV e, actualmente, Chefe da Divisão dos portos de Setúbal e Sesimbra.

Comentar