Etiqueta

Associação de Modelismo de Almada

Browsing

 

Não é segredo para ninguém após esta década em que escrevo a Crónica de Modelismo da Revista de Marinha, da minha excelente ligação à Marinha Portuguesa, da qual fiz parte com muita honra e à AMA – Associação de Modelismo de Almada, da qual sou sócio Fundador, fui membro da Direção durante 18 anos, os últimos seis como Presidente da Direção – e atualmente “limito-me” a ser um simples sócio, com a particularidade de ser o número 1.

NRP Tridente à escala 1/144 do modelista Sérgio Barbosa
NRP Tridente à escala 1/144 do modelista Sérgio Barbosa

Assim quando o Comando da Esquadrilha de Subsuperfície pede ajuda para poder ter nas comemorações do Dia da Unidade uma exposição de Modelismo, é claro que se entra em modo de “Postos de Combate”!
Em pouco tempo a AMA e os seus amigos conseguiram concertar esforços e a Exposição fez-se com modelos de Helena Areal, Luís Areal, Jorge Silva Rocha, Filipe Ramires, Filipe Rocha, Eduardo Nunes, Carlos Leão, José Funenga, António Oliveira, Luís Laranjeira, Rui Matos e de Sérgio Barbosa, um amigo que é o gestor da página do Facebook Amantes do Modelismo – SIG Submarinos (já aqui mencionada), tendo vindo propositadamente de Guimarães com a sua Família, para este mini-evento.

A mesa dos submarinos “Guerra Fria e atuais”
A mesa dos submarinos “Guerra Fria e atuais”

Na Sala do Modelo foram dispostas sete mesas que passo a descrever sumariamente:
Nos topos da sala, duas mesas com modelos de madeira, de frente para a porta, quatro mesas divididas pelos temas “Aviação Naval”, “Submarinos Portugueses”, “Navios Marinha Portuguesa”, “Submarinos da 2ª Guerra Mundial” e por fim à direita da entrada “Submarinos da Guerra Fria e atuais (de outras Marinhas)” + “Submarinos de bolso 2ª Guerra Mundial + uma Schnellboot da Deutsche Kriegsmarine”. Com modelos a variar entre as escalas 1/24, 1/35, 1/48, 1/72, 1/144, 1/350 e 1/700 e não contando com as duas metades do modelo que dá nome à Sala, foram expostos 44 modelos de excelente qualidade.

Um interessante modelo do submarino polaco ORP Bielik, numa situação pouco comum, do modelista Filipe Ramires
Um interessante modelo do submarino polaco ORP Bielik, numa situação pouco comum, do modelista Filipe Ramires

Os visitantes, em boa parte familiares dos militares que prestam ou prestaram serviço na ESS, gostaram da exposição e fizeram comentários nomeadamente sobre o único representante à escala de um submarino da 4ª Esquadrilha, assim como ao modelo “Sardinhas Portuguesas” – revelando que o modelista e quem o viu têm sentido de humor. As habituais perguntas relacionadas com esta atividade foram feitas e respondidas, mostrando que há bastante interesse pelo modelismo.

Fotografia de Grupo, embora nem todos os participantes estejam presentes, faltando José Funenga, Filipe Ramires e Luís Laranjeira
Fotografia de Grupo, embora nem todos os participantes estejam presentes, faltando José Funenga, Filipe Ramires e Luís Laranjeira

Um bónus extra para quem participou neste Dia da Unidade foi a possibilidade de visitar os edifícios e instalações sob a alçada da Esquadrilha de Subsuperfície e claro, fotografar como referência para projetos futuros, o NRP Arpão e os desgastes que a plataforma tem sofrido neste últimos anos. Não posso deixar de mencionar a área museológica da Esquadrilha onde na vitrina dedicada ao NRP Ribeira Grande uma fotografia de um grande amigo, também ele elemento fundador da AMA, 2º Ten. Barbosa Figueira, que já não está entre nós mas que contínua a ser uma motivação para levarmos por diante este projeto.

Como representante da AMA neste evento, gostaria de deixar aqui expresso, os meus parabéns por esta excelente iniciativa, pela forma como recebem (independentemente do posto) e como nos fazem sentir entre Família. Poderão contar connosco sempre que assim o entendam – mesmo que seja de uma forma silenciosa como é apanágio desta arma!

Bons modelos e neste caso em particular acrescento ainda, boas navegações!