Etiqueta

estaleiros Armón

Browsing

A companhia investiu cerca de 380 milhões de euros na reconversão da frota para gás natural

No seguimento da intervenção efetuada pelos estaleiros da West Sea no verão passado no car-ferry SICILIA, encontra-se, há cerca de dois meses no mesmo estaleiro, mais um navio da Balearia em reconversão do sistema de propulsão para Gás Natural Liquefeito (GNL). Em 2021 está previsto ter ao serviço 9 navios a gás natural.

O ferry SICILIA durante a sua estadia em Viana do Castelo, em julho de 2020 (imagem WestSea)
O ferry SICILIA durante a sua estadia em Viana do Castelo, em julho de 2020 (imagem WestSea)

Em março a Balearia prevê incorporar na sua frota o primeiro fast ferry do mundo para passageiros e carga com propulsão por motores de combustão interna a gás natural. O ELEANOR ROOSEVELT está a ultimar arranjos nos estaleiros Armón, de Gijón, onde realizará provas de mar.

Para o diretor da frota da Balearia, Guilhermo Alomar,

os trabalhos encontram-se bastante avançados e em breve teremos em funcionamento um dos navios mais inovadores e sustentáveis do mundo. A incorporação deste navio na frota constituirá um feito na história da Balearia, mas também no transporte internacional.

O moderníssimo catamaran ELEANOR ROOSEVELT em acabamentos finais no Estaleiro Armón de Gigón (imagem Balearia)
O moderníssimo catamaran ELEANOR ROOSEVELT em acabamentos finais no Estaleiro Armón de Gigón (imagem Balearia)

Este navio incorpora equipamentos de medição para monitorizar o consumo real de combustível, calcu18lar a eficiência dos motores e ajustar a navegação para incrementar o conforto segundo o estado do mar. As inovações introduzidas reduzirão consideravelmente o movimento, as vibrações e os ruídos.

Para além destas caraterísticas invulgares o Eleanor Roosevelt será também o maior fast ferry do mundo com 123 metros de comprimento por 28 de boca. Terá uma capacidade para 1.200 passageiros e um porão para 500 metros lineares de camiões e 250 carros ou em alternativa 450 carros. Prevê-se que o navio alcance uma velocidade de serviço de 35 nós (podendo atingir uma velocidade máxima de 40 nós).

Outra perspectiva do MARTIN I SOLER na doca dos estaleiros, em Viana do Castelo (imagem WestSea)
Outra perspectiva do MARTIN I SOLER na doca dos estaleiros, em Viana do Castelo (imagem WestSea)

A companhia Balearia investiu cerca de 380 milhões de euros na reconversão da frota para gás natural, um combustível que consegue reduzir consideravelmente as emissões de CO2 melhorando a qualidade do ar, o efeito de estufa e os ruídos.