Etiqueta

marinha do brasil

Browsing

Marinha do Brasil rende comandantes – cerimónias no Rio de Janeiro

O mês de janeiro de 2020 foi inusitadamente preenchido por uma concentração de três cerimónias de rendição de importantes unidades da Marinha do Brasil. Em apenas quatro dias renderam o Diretor-Geral do Material da Marinha, o comandante do Navio-Escola BRASIL e o comandante do Navio-Veleiro CISNE BRANCO.

Cerimónia no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro

No dia 10 de janeiro de 2020, no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, realizou-se a cerimónia de transmissão do cargo de Diretor-Geral do Material da Marinha. Na ocasião, o Almirante de Esquadra Luiz Henrique Caroli transmitiu o cargo para o Almirante de Esquadra José Augusto Vieira da Cunha de Menezes.

O Almirante de Esquadra José Augusto Vieira da Cunha de Menezes chegando ao Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (foto DGMM)
O Almirante de Esquadra José Augusto Vieira da Cunha de Menezes chegando ao Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (foto DGMM)

A cerimónia foi presidida pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior e contou com a presença de diversas autoridades, entre outras, o Ministro de Minas e Energia, Almirante de Esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior e o Secretário de Estado de Defesa Civil e Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro – Coronel BM* Roberto Robadey Costa Junior.

A Diretoria-Geral do Material da Marinha (DGMM) é um Órgão de Direção Setorial da Marinha, tendo como propósito contribuir para o preparo e aplicação do Poder Naval, no tocante às atividades relacionadas ao material e a tecnologia da informação da Marinha.

Mônica e Alte Esq Puntel, Estefânia Meireles, Dr Paulo Cardoso - Presidente da SOAMAR-BH, Alte Esq Cunha, novo DGMM e Dr Sebastião Helvécio - Conselheiro do Tribunal de Contas de MG (foto da autora)
Mônica e Alte Esq Puntel, Estefânia Meireles, Dr Paulo Cardoso – Presidente da SOAMAR-BH, Alte Esq Cunha, novo DGMM e Dr Sebastião Helvécio – Conselheiro do Tribunal de Contas de MG (foto da autora)
Dr Pedro Ernesto Mariano de Azevedo - Presidente da Liga da Defesa Nacional, E. Meireles,
Dr Pedro Ernesto Mariano de Azevedo – Presidente da Liga da Defesa Nacional, a autora, Prof. Del Negro – Presidente da ADESG Nacional e esposa, Contra Almirante Veiga Cabral – Presidente do Conselho da ADESG Nacional (foto da autora)
Dr. Sebastião Helvécio - Conselheiro do Tribunal de Contas de MG,
Dr Sebastião Helvécio – Conselheiro do Tribunal de Contas de MG, Dr Paulo Cardoso – Presidente da SOAMAR-BH, Alte Esq Ilques Barbosa Junior – Comandante da Marinha e a autora (foto da autora)

Entrega de comando do Navio-escola BRASIL

Na segunda-feira, dia 13 de janeiro de 2020, no Complexo Naval da ilha de Moçanguê, Rio de Janeiro, ocorreu a cerimónia de Transmissão de Cargo do Comandante do NE BRASIL – Navio-Escola Brasil, do CMG Alexandre Bessa de Oliveira ao CMG Carlos Marcelo Fernandes Considera.

Os moços de cabos perfilados junto à entrada do portaló do NE BRASIL (foto da autora)
Os moços de cabos perfilados junto à entrada do portaló do NE BRASIL (foto da autora)

Em seguida decorreu um almoço a bordo, com o Conjunto Musical FUZIBOSSA, da Banda dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.

Lembramos que, em outubro passado, o NE BRASIL esteve atracado no Cais da Pedra – Santa Apolônia, Lisboa, no âmbito da XXXIII Viagem de Instrução tendo ocorrido uma magnífica receção à bordo, a convite do Comandante Bessa e do então Embaixador do Brasil em Portugal, Exmo. Sr. Luís Alberto Figueiredo Machado.

O novo comandante afirmando a sua determinação em cumprir a missão do NE BRASIL. (foto da autora)
O novo comandante afirmando a sua determinação em cumprir a missão do NE BRASIL. (foto da autora)

As viagens de instrução têm o propósito de complementar, com ênfase na experiência prática, os conhecimentos teóricos adquiridos pelos alunos na Escola Naval durante o ciclo escolar, aprimorar a formação cultural dos futuros Oficiais da Marinha do Brasil e representar o País e a Marinha nos diversos portos visitados, promovendo o estreitamento dos laços de amizade com as nações amigas. Durante as viagens os alunos têm aulas práticas de navegação, meteorologia, marinharia, operações navais, controle de avarias  e administração naval, realizando, dessa forma, uma importante fase de adaptação à vida de bordo.

Conjunto Musical Fuzibossa - Banda dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil (foto da autora)
Conjunto Musical Fuzibossa – Banda dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil (foto da autora)

O NE BRASIL (U-27) é o navio-escola da Marinha do Brasil. Foi construído pelo Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro – AMRJ, na Ilha das Cobras sob um projeto desenvolvido pela Diretoria de Engenharia Naval, DEN, a partir do casco das fragatas Vosper MK 10, a classe NITÉROI. Foi incorporado em 21 de agosto de 1986.

As bonitas linhas do NE BRASIL não escondem a sua origem no projeto das fragatas do estaleiro Vosper britânico. (foto Marinha do Brasil)
As bonitas linhas do NE BRASIL não escondem a sua origem no projeto das fragatas do estaleiro Vosper britânico. (foto Marinha do Brasil)

O Cmg Marcos André Silva Araújo é o novo comandante do CISNE BRANCO

No mesmo local, mas no dia seguinte, terça-feira, 14 de janeiro, aconteceu a cerimónia de entrega de comando do lindíssimo e majestoso Navio Veleiro (NVe) CISNE BRANCO.

O almirante de esquadra Leonardo Puntel e os comandantes, empossado e cessante, perfilados junto ao mastro da mezena, durante a cerimónia (foto da autora)
O almirante de esquadra Leonardo Puntel e os comandantes, empossado e cessante, perfilados junto ao mastro da mezena, durante a cerimónia (foto da autora)
Receção a bordo do NVe CISNE BRANCO
Receção a bordo do NVe CISNE BRANCO

O Capitão-de-Mar-e-Guerra Adriano Marcelino Batista passou o Comando para o Capitão-de Mar-e-Guerra Marcos André Silva Araújo, perante o Almirante de Esquadra Leonardo Puntel, comandante de Operações Navais, e o contra-almirante Rogério da Rocha Carneiro Bastos, comandante da Força de Superfície, bem como várias outras entidades e convidados.

O comandante Marcos André com a autora (foto da autora)
O comandante Marcos André com a autora (foto da autora)

A galera CISNE BRANCO, desempenha atividades de representação nacional e internacional. Também conhecido como “embaixada flutuante”, o navio representa a Marinha e o Brasil em diversos eventos náuticos que ocorrem todos os anos, mostrando a bandeira do Brasil onde quer que vá, no complemento à formação marinheira a partir do embarque de aspirantes da Escola Naval, de alunos do Colégio Naval e de alunos das Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante.

O Navio da Marinha do Brasil NVe CISNE BRANCO, no passado mês de setembro, atracado no cais da Rocha do Conde de Óbidos, em Lisboa. O CISNE BRANCO, com armação vélica em galera, tem 76m de comprimento e desloca 1.038 toneladas. Por comparação, o NRP SAGRES, que é uma barca, tem 89m de comprimento e 1.940 toneladas de deslocamento. (foto Silvia Dumont)
O Navio da Marinha do Brasil NVe CISNE BRANCO, no passado mês de setembro, atracado no cais da Rocha do Conde de Óbidos, em Lisboa. O CISNE BRANCO, com armação vélica em galera, tem 76m de comprimento e desloca 1.038 toneladas. Por comparação, o NRP SAGRES, que é uma barca, tem 89m de comprimento e 1.940 toneladas de deslocamento. (foto Silvia Dumont)

O NVe CISNE BRANCO (U 20), terceiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, foi construído pelo estaleiro Damen Oranjewerf, em Amsterdam, Holanda, sendo entregue em 4 de fevereiro de 2000, em Lisboa, Portugal, por ocasião da largada da Regata Internacional Comemorativa aos 500 Anos do Descobrimento do Brasil.

*BM – Bombeiros Militares