Etiqueta

porto de aveiro

Browsing

Está em distribuição a edição em papel nº1012, referente aos meses novembro-dezembro.

Neste número da vossa revista daremos uma atenção especial ao setor portuário, o mais importante do cluster do mar português, e neste assinalaremos a dinâmica do Porto de Aveiro.

As estatísticas conhecidas, até agosto findo, indiciam uma quebra ligeira nos volumes de carga movimentados nos portos nacionais, com exceções, designadamente de Aveiro, Viana do Castelo e Leixões, que continuam a crescer. O decréscimo referido pode ser explicado por algum arrefecimento do comércio internacional, a que não será estranho o conflito comercial China – EUA, pela agitação laboral nalguns portos nacionais e situações pontuais de manutenção nas refinarias da GALP, com impacto significativo nos números.

não existe crescimento de um porto sem uma saudável cumplicidade entre os trabalhadores portuários e os demais stakeholders.     (Rui D’Orey, Presidente da AGEPOR)

A capa da edição de nov-dez.

A paz social nos portos é fundamental, pois como referia Rui d’Orey, Presidente da AGEPOR, em recente intervenção pública na Escola Náutica … não existe crescimento de um porto sem uma saudável cumplicidade entre os trabalhadores portuários e os demais stakeholders. Importa lembrar que não estamos sozinhos nesta parte do mundo e que Tânger-Med, Algeciras, Vigo e outros portos vizinhos estão atentos e não perdem as oportunidades que por vezes ingenuamente lhes oferecemos.

Numa vertente positiva saudamos a expansão do Terminal XXI e o início do projeto Vasco da Gama em Sines, a modernização do Terminal LISCONT em Lisboa, a construção de um novo Terminal – 14 em Leixões, as dragagens na barra e no Porto de Setúbal e a melhoria dos acessos ferroviários a Espanha, investimentos de muitas centenas de milhões de euros, que o setor esperava e já tardavam. Também o promissor projeto JUL – Janela Única Logística, iniciado em 2018, vai avançando, estendendo-se agora a toda a cadeia logística, numa lógica intermodal.

Com as recentes eleições entre nós, iniciou-se uma nova legislatura, mantendo-se um Ministério do Mar na orgânica do Governo; quando escrevemos estas linhas não era ainda claro qual o seu conteúdo específico, embora se soubesse já que não teria a tutela dos portos.

A Engenheira Ana Paula Vitorino (imagem Transportes em Revista)

À Senhora Engenheira Ana Paula Vitorino, de saída, reconhecemos o seu grande empenho e determinação e agradecemos o muito que fez em diversas áreas, do shipping à náutica de recreio e dos portos às pescas, designadamente trazendo para Portugal reuniões e conferencias que nos deram uma maior visibilidade internacional. Bem- -haja por isso!

Ao novo responsável pelo Mar Português, ao Prof. Doutor Ricardo Serrão Santos, ex-deputado europeu, Professor de biologia marinha na Universidade dos Açores (polo da Horta) e nosso estimado assinante, damos calorosas boas-vindas, assim como ao Dr. José Apolinário, que se mantém ao leme das pescas. Que esta equipa renovada encontre sempre, na singradura que agora inicia, ventos bonançosos e águas calmas e safas!

O Ministro do Mar, Prof. Ricardo Serrão Santos.