Etiqueta

prémio Maurício de Oliveira

Browsing

Todos os anos, na cerimónia comemorativa do aniversário da fundação da Revista de Marinha, é ponto alto a entrega dos prémios de colaboração.  Estes prémios constituem uma distinção e uma recompensa aos melhores colaboradores, bem como, são também um estímulo para todos os atuais e futuros colaboradores da Revista de Marinha.

O Prémio Revista de Marinha foi anunciado pelo diretor da Revista no dia 31 de janeiro de 2011, por ocasião do Cocktail comemorativo do 74º aniversário da Revista, que teve lugar no Clube Militar Naval, com sendo um galardão literário, destinado a “agraciar o melhor artigo publicado na Revista em cada ano civil”. O prémio foi entregue um ano depois.

O prémio Revista de Marinha foi atribuído pela primeira vez no dia 31 de jan de 2012. O Cmdt. Ferreira da Silva, membro do júri fez a entrega ao agracidado, o Prof. Dr. Armando Marques Guedes. (imagem Luís Miguel Correia)
O prémio Revista de Marinha foi atribuído pela primeira vez no dia 31 de jan de 2012. O Cmdt. Ferreira da Silva, membro do júri fez a entrega ao agracidado, o Prof. Dr. Armando Marques Guedes. (imagem Luís Miguel Correia)

Em 2016 o conselho editorial decidiu que os prémios passassem a homenagear o fundador e o anterior diretor da publicação, propondo a sua formalização com a respetiva regulamentação, denominando-os de Prémio “Maurício de Oliveira” e Prémio “Gabriel Lobo Fialho”, sendo o primeiro anual e destinado a premiar o melhor trabalho desse ano, e o segundo atribuído de três em três anos para distinguir o colaborador mais regular e consistente no respetivo triénio.

O prémio “Maurício de Oliveira” respeitante ao ano de 2016 foi pela primeira vez atribuído, no Clube Militar Naval, no dia 31 de janeiro de 2017, por ocasião das comemorações do 80º aniversário da Revista.

O edifício sede do CMN, na Av. Defensores de Chaves, projeto do princípio do Século 20, do arquiteto Norte Júnior (imagem do facebook do CMN)
O edifício sede do CMN, na Av. Defensores de Chaves, projeto do princípio do Século 20, do arquiteto Norte Júnior (imagem do facebook do CMN)

Os prémios são materializados pela oferta de um objeto decorativo náutico, ou de uma peça artística de pintura ou escultura relacionada com o Mar. O autor premiado receberá, para além desse prémio, um diploma assinado pelo Presidente do Júri, do qual consta o título do trabalho, o nome do seu autor e a indicação do ano a que diz respeito.

O Dr. Vasco Gil Mantas recebe das mãos do diretor da Revista de Marinha, VAlm Henrique da Fonseca, o diploma pela conquista da Menção Honrosa do Prémio Maurício de Oliveira de 2017, atríbuida ao artigo "O Estreito de Gibraltar" (imagem Luís Miguel Correia)
O Dr. Vasco Gil Mantas recebe das mãos do diretor da Revista de Marinha, VAlm Henrique da Fonseca, o diploma pela conquista da Menção Honrosa do Prémio Maurício de Oliveira de 2017, atríbuida ao artigo “O Estreito de Gibraltar” (imagem Luís Miguel Correia)

O prémio e o diploma em apreço são entregues ao autor premiado em cerimónia pública, pelo sócio-gerente da firma ENN – Editora Náutica Nacional, Lda., ou por quem ele designar.

Este ano, por razões bem conhecidas do confinamento a que estamos sujeitos pela terrível pandemia COVID-19, a cerimónia não terá lugar na data habitual.

As cerimónias dos aniversários da Revista de Marinha, onde tradicionalmente são entregues os prémios de cada ano, são eventos sempre muito concorridos. Aqui um aspeto da assistência no ano de 2018. (imagem Luís Miguel Correia)
As cerimónias dos aniversários da Revista de Marinha, onde tradicionalmente são entregues os prémios de cada ano, são eventos sempre muito concorridos. Aqui um aspeto da assistência no ano de 2018. (imagem Luís Miguel Correia)

Prémio “Maurício de Oliveira”

A criação do prémio “Maurício de Oliveira”, instituído pela ENN – Editora Náutica Nacional, Lda., tem como objetivo reconhecer a importância da colaboração dos autores nos conteúdos dos diversos números da revista.

A atribuição do prémio “Maurício de Oliveira” constitui ainda um estímulo, quer à apresentação de trabalhos adicionais pelos colaboradores da revista, quer ao aparecimento de novos colaboradores.

Prémio “Gabriel Lobo Fialho”

A criação do prémio “Gabriel Lobo Fialho”, instituído pela ENN – Editora Náutica Nacional, Lda., teve como objetivo reconhecer a importância da regularidade e da consistência da colaboração dos autores nos conteúdos dos diversos números da revista.

A atribuição do prémio “Gabriel Lobo Fialho” constitui um estímulo quer à apresentação com regularidade de trabalhos pelos colaboradores da revista, quer ao aparecimento de novos colaboradores.

Luís Miguel Correia, foi o primeiro premiado com o prémio "Gabriel Lobo Fialho", tendo o prémio sido entregue pela filha do patrono, Rosarinho Fialho, no dia 7 de Dezembro de 2017, durante a cerimónia de apresentação da edição n.º 1000 da Revista de Marinha, no Pavilhão das Galeotas do Museu de Marinha de Lisboa. (imagem Luís Miguel Correia)
Luís Miguel Correia, foi o primeiro premiado com o prémio “Gabriel Lobo Fialho”, tendo o prémio sido entregue pela filha do patrono, Rosarinho Fialho, no dia 7 de Dezembro de 2017, durante a cerimónia de apresentação da edição n.º 1000 da Revista de Marinha, no Pavilhão das Galeotas do Museu de Marinha de Lisboa. (imagem Luís Miguel Correia)

 

Quem são os patronos dos prémios?

Maurício de Oliveira (1909-1972)
Maurício de Oliveira (1909-1972)

Ingressou no jornalismo aos 17 anos, aquela que seria a paixão da sua vida. Interessou-se especialmente por temas de Marinha e, em janeiro de 1937, aos 27 anos, fundou a Revista de Marinha. Sucessivamente Repórter, Redator, Chefe de Redação e Diretor de dois grandes diários nacionais, tornou-se um vigoroso propagandista do ressurgimento da Armada, bem como seu cronista e divulgador da sua história, sendo extensa a lista de obras e artigos publicados sobre o tema. Considerado uma das figuras mais dinâmicas do jornalismo português, esteve ligado a títulos como A Capital, o Diário de Lisboa e o Jornal do Comércio, tendo-lhe sido atribuídas várias condecorações nacionais e estrangeiras, como a Legião de Honra (França), a Ordem da Águia Imperial Alemã, a Comenda da Ordem Militar de Cristo e a Medalha Naval Vasco da Gama.

Gabriel Lobo Fialho (1931 - 2012)
Gabriel Lobo Fialho (1931 – 2012)

Capitão-de-Mar-e-Guerra, foi um distinto oficial de Marinha, membro e secretário-geral da Academia da Marinha e Diretor da Revista da Marinha. Entrou para a Escola Naval em 1950, tendo-se, posteriormente, especializado em hidrografia, o que levou à sua participação na Missão Hidrográfica de Moçambique, nomeadamente no levantamento hidrográfico do Lago Niassa. Comandou o draga-minas NRP SÃO JORGE, que deu apoio a várias campanhas oceanográficas, o NRP ARIETE em Angola e o NRP ALMEIDA CARVALHO, navio hidrográfico, onde foi o seu primeiro comandante, tendo cumprido com brio a missão de aceitação do navio nos E.U.A. Colaborador desde longa data da Revista de Marinha, e seu diretor desde 1976, com Luís Miguel Correia resgatou-a da extinção na sequência da falência do “Jornal do Comércio”, em 1984.

Uma das Menções Honrosas de 2012, foi atribuída ao CAlm. Eng.º Victor Gonçalves de Brito, que recebeu o prémio das mãos do então presidente do Conselho Editorial, o Alm. Vieira Matias (imagem Luís Miguel Correia)
Uma das Menções Honrosas de 2012, foi atribuída ao CAlm. Eng.º Victor Gonçalves de Brito, que recebeu o prémio das mãos do então presidente do Conselho Editorial, o Alm. Vieira Matias (imagem Luís Miguel Correia)

Os premiados de 2020

O Júri do “Prémio Gabriel Lobo Fialho”, reuniu no dia 9 de outubro de 2020, pelas 17.30 horas, em Lisboa, e decidiu atribuir o Prémio referente ao triénio 2017 – 2019 a António Balcão Reis.

António Balcão Reis foi escolhido por ter atingido a melhor classificação entre 5 autores previamente selecionados, nas vertentes, originalidade, interesse, qualidade da escrita e estrutura dos textos. O processo de seleção obedece à metodologia definida no Artº 8º do Regulamento do Prémio. Durante o triénio 2017 – 2019, o autor premiado publicou um conjunto de 18 artigos no âmbito da Crónica Transportes & Logística.

O Contra-Almirante António Balcão Reis, prémio Gabriel Lobo Fialho 2017-2019
O Contra-Almirante António Balcão Reis, prémio Gabriel Lobo Fialho 2017-2019

O Júri do “Prémio Maurício de Oliveira”, reuniu no dia 13 de janeiro de 2021, tendo classificado os artigos publicados na Revista de Marinha durante o ano de 2020, e decidido por unanimidade atribuir o 1º Prémio a Victor Gonçalves de Brito, pelo seu artigo “Reciclagem de Navios” publicado no nº 1016 a páginas 51-53 tendo em conta o seu interesse e atualidade, nomeadamente pelo facto de ser uma atividade que tem vindo em crescendo. O autor aborda de forma holística desde a vertente técnica, a vertente comercial e ainda as consequências ambientais. O texto foi também considerado excelente e esclarecedor para uma atividade que os países devem acautelar e regulamentar.

O prémio "Maurício de Oliveira" 2020, foi atribuído ao artigo "A Reciclagem de Navios" da autoria do Contra-Almirante Eng.º Victor Gonçalves de Brito (imagem D.R.)
O prémio “Maurício de Oliveira” 2020, foi atribuído ao artigo “A Reciclagem de Navios” da autoria do Contra-Almirante Eng.º Victor Gonçalves de Brito (imagem D.R.)

No âmbito do “Prémio Maurício de Oliveira, foram também atribuídas ex aequo duas Menções Honrosas. Uma a António Silva Ribeiro autor do artigo “Método e Modelo dos Estudos Marítimos” publicado no nº 1013 a páginas 20-21, pelo interesse e atualidade do tema onde o autor, numa escrita particularmente simples e compreensiva, aborda a necessidade e relevância para Portugal dos “Estudos Marítimos”, num campo académico transdisciplinar das ciências sociais, de modo a “conferirem um novo rumo ao conhecimento sobre o Mar”.

O Almirante António Silva Ribeiro, viu o seu texto "Método e Modelo de Estudos Marítimos", publicado em 2020, ser agraciado com uma Menção Honrosa do Prémio Maurício de Oliveira. (imagem D.R.)
O Almirante António Silva Ribeiro, viu o seu texto “Método e Modelo de Estudos Marítimos”, publicado em 2020, ser agraciado com uma Menção Honrosa do Prémio Maurício de Oliveira. (imagem D.R.)

José Auguto Felício também recebeu uma Menção Honrosa, pelo artigo “A importância económica dos portos”, publicado no nº1018 a páginas 21-23, pelo seu interesse para a compreensão do papel dos portos na economia de um país. O autor, que há muito se dedica a este tema, aborda um quadro muito completo sobre os benefícios económicos através dos efeitos diretos e indiretos induzidos assim como os eventuais desvios de riqueza criada nas regiões. Um excelente texto para leitura de quem tem a responsabilidade da gestão portuária.

Com o texto "A Importância Económica dos Portos", o Professor José Augusto Felício foi distinguido com uma das Menções Honrosas ex-eaquo atribuídas pelo júri de 2020. (imagem D.R.)
Com o texto “A Importância Económica dos Portos”, o Professor José Augusto Felício foi distinguido com uma das Menções Honrosas ex eaquo atribuídas pelo júri de 2020. (imagem D.R.)

O júri dos Prémios “Gabriel Lobo Fialho” e “Maurício de Oliveira” de 2020, foi presidido pelo CMG Orlando Temes de Oliveira e integrou como vogais o Cmdt. MM Joaquim Bertão Saltão, o Eng.º Carlos Seixas da Fonseca, o Cmdt. MM Joaquim Monteiro Marques e o CMG José Rodrigues Pereira.

Na cerimónia que teve lugar no dia 31 de janeiro de 2020, o Cmdt. Temes de Oliveira fez a entrega do diploma pela Menção Honrosa do Prémio Mauricio de Oliveira de 2018, ao Eng.º Óscar Mota, pelo artigo "LISNAVE – 50 anos" (imagem Luís Miguel Correia)
Na cerimónia que teve lugar no dia 31 de janeiro de 2020, o Cmdt. Temes de Oliveira fez a entrega do diploma pela Menção Honrosa do Prémio Mauricio de Oliveira de 2018, ao Eng.º Óscar Mota, pelo artigo “LISNAVE – 50 anos” (imagem Luís Miguel Correia)

Listam-se de seguida os premiados nos anos anteriores (os títulos a vermelho contêm link para o artigo):

 

2011 Prémio Revista de Marinha

(Prof. Dr.) Armando Marques Guedes – “A Nova Geopolítica do Atlântico Sul”

 

2012 Prémio Revista de Marinha

(Dr.) Tiago Alexandre Maurício – “O Panorama da Ásia Oriental em Transformação”

MH – (Alm.) Victor Gonçalves de Brito – “Construção e Reparação Naval – Uma Indústria que deve ser mantida (parte II)

MH – (Sr.) Luís Miguel Correia – Conjunto de crónicas “O Despacho 100”

 

2013 Prémio Revista de Marinha

(CMG) Paulo Neves Coe­lho – “As Ilhas Selvagens: do equívoco à realidade”

MH – (Profª Dra.) Helena Trindade de Abreu – “Aquacultura de macroalgas – oportunidades para o sector”

 

2014 Prémio Revista de Marinha

(Engº) Jorge Antunes – “O Shipping, o Ambiente e a Poluição Atmosférica da Costa Portuguesa”

MH – (Sr.) Dieter Dellinger – “A Rota do Ártico”

 

2015 Prémio Revista de Marinha

(Engº) Jorge Oliveira e Carmo – “As Alterações Climáticas nos Oceanos”

MH – (CFR) Henrique Portela Guedes – “Segurança Armada a Bordo

dissuade Pirataria”

MH – (Prof.Dr.) José Augusto Felício – “Valor Económico da Navegabilidade dos Rios Douro, Tejo e Guadiana”

MH – (Alm.) Victor Gonçalves de Brito – “Navios da Marinha – Oportunidades para a Engenharia e Indústrias Nacionais”

 

2016 Prémio Maurício de Oliveira

Engº Jorge Pinho d’Almeida – “O novo Canal do Panamá”,

MH – (Cmdt.MM) João Soares – “A Marinha de Comércio e a sua importância para a Economia”,

MH – (CTEN) Luís Pereira da Costa – “Marítimos somos todos!”

 

2017 Prémio Gabriel Lobo Fialho (2014-2016)

Luís Miguel Correia – “Conjunto de artigos publicados no triénio 2014-2016”

 

2017 – Prémio Maurício de Oliveira

(Prof. Dr.) Armando Marques Guedes – “Em rede. Os Cabos de Fibras óticas Submarinas e a Centralidade Portuguesa Crescente num Autêntico Mar de Conectividades”

MH – (Prof. Dr.) Vasco Gil Mantas – “O Estreito de Gibraltar, ontem e hoje”

 

2018 – Prémio Maurício de Oliveira

(Engº) Gonçalves Cerejeira – “A decisão importante que tarda – recuperar as praias da Caparica, Cruz Quebrada e Algés”

MH – (Engº) Óscar Mota – “LISNAVE – 50 anos”

MH – (CAlm) David e Silva – “A Liga Naval Portuguesa 1900-1939”.

 

2019 Prémio Maurício de Oliveira

(Dr) Duarte Bué Alves – “Revisitar o Mare Nostrum”

MH – (Dr.) Eduardo Almeida Faria – “Bacia do Rio Arade, Problemas e Soluções. Uma visão para o futuro”

MH – (VAlm) João Pires Neves – “Portugal e o Mar-Oceano. Uma relação antiga e estratégica”

 

2020 – Prémio Gabriel Lobo Fialho (2017-2019)

(CAlm) António Balcão Reis – “Conjunto de 18 artigos no âmbito da Crónica Transportes & Logística”

 

2020 – Prémio Maurício de Oliveira

(CAlm.) Victor Gonçalves de Brito – “Reciclagem de Navios”

MH – (Alm.) António Silva Ribeiro – “Método e Modelo dos Estudos Marítimos”

MH – (Prof.Dr.) José Augusto Felício – “A importância económica dos portos”