Economia

Zona Empresarial da Praia do Norte, mais 25 anos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A ministra do Mar, Dra. Ana Paula Vitorino, participou no WORKSHOP ENM 2030: EDUCAÇÃO E LITERACIA DO OCEANO, que se realizou no dia 25-06-2019 na sala Couto Viana da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo.

No final do Workshop – muito participado por autarcas e professores – teve lugar a cerimónia de assinatura do protocolo de concessão, por mais 25 anos, da Zona Empresarial da Praia Norte.

Assinaram o protocolo, da parte da concessionária APDL, a Dra. Guilhermina Rego, Presidente do Conselho de Administração, da parte da concessionada Câmara Municipal de Viana do Castelo, o Presidente da Câmara e pela tutela, a Dra. Ana Paula Vitorino, ministra do Mar.

Ana Paula Vitorino assinou a prorrogação da concessão por mais 25 anos (foto Manuel Martins)
Ana Paula Vitorino assinou a prorrogação da concessão por mais 25 anos (foto Manuel Martins)

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo interveio para referir a importância do prolongamento da concessão por mais 25 anos que permite às empresas já instaladas e às que vierem a instalar-se, projetarem as atividades para um horizonte temporal mais dilatado.

Referiu ainda a previsão de um volume de investimentos de 20 milhões de euros a efetuar nessa zona e, antes de terminar, fez um apelo para a descentralização das atividades portuárias em cooperação com as autoridades portuárias, profícua aos interesses locais.

A ministra do Mar encerrou a sessão salientando a importância do Workshop para o todo nacional e justificou a escolha de Viana do Castelo para a realização desta quarta sessão por ser «a cidade que concentra sempre as melhores práticas».

Antes de terminar elogiou a atual administração da APDL pelo facto de olhar os portos sob a sua jurisdição de igual forma, realçando os melhoramentos já adjudicados e outros em fase de concurso com vista ao bom funcionamento das estruturas postas ao serviço dos utentes, só assim se compreendendo o papel dos portos que existem para apoiar a economia.

Um aspeto da assistência na Sala Couto Viana, na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo (foto Manuel Martins)
Um aspeto da assistência na Sala Couto Viana, na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo (foto Manuel Martins)

E, por falar em economia, referiu o aumento verificado no primeiro trimestre do corrente ano no porto de Viana do Castelo de 5,3%, comprovando que «entre Leixões e Vigo temos mundo».

Concluiu salientando a importância da descentralização de áreas que são melhor geridas na proximidade, «bandeira deste governo», como fez questão de frisar.

Manuel De Oliveira Martins

Manuel de Oliveira Martins, Comandante da Marinha Mercante, chefiou o Departamento de Pilotagem do Porto de Viana do Castelo de 1985 a 2001. Colabora com a Revista de Marinha desde agosto de 2017.

Comentar